S01E33: As Séries do Chuck Lorre

Canal 42 S01E33

Jurandir Filho, Bruno Costa e Ricardo Rente conversaram na primeira edição sobre os grandes showrunners da indústria das séries sobre Chuck Lorre. Mas o que diabos é um showrunner? Por que muitas vezes eles são mais populares que os atores? Two and a Half Men e The Big Bang Theory são grandes hits, mas qual o real motivo? Até que ponto o sucesso de uma série é responsabilidade de um showrunner?

Sinta-se em casa e deixe o seu comentário. \o>


TROFÉU 42 2015

[LINK] Vote agora nos melhores de 2015


ASSINE O NOSSO FEED

Não perca nenhuma edição do 42. Assine:

iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/canal42.tv/
Android/Windowshttp://feeds.feedburner.com/canal42podcast


SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS

Envie e-mails para: canal42podcast@gmail.com


OUÇA AGORA O PODCAST

Aperte o play abaixo e bem-vindo ao nosso mundo:


Quer baixar essa edição para o seu computador? CLIQUE AQUI!

Comentários

  • El Luchador

    Quem não conhece muito o Conan O’Brien, vá no youtube e digite CLUELESS GAMER e veja.

    De nada.

    • Wesley Oliveira

      heuheuehuhe

      O CLUELESS GAMER de Super Smash for Wii U é o mais engraçado!

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Sem querer ser babaca, mas já pegando um pouquinho no pé: Chuck Lorre não criou “Mike & Molly”, ele é um dos produtores executivos e escreveu diversos episódios, mas o criador é o Mark Roberts.

    • Isso que dá comentar sem nem ter ouvido o programa 😉

      • Rodrigo Deway Bacelar

        Bem, tá escrito na descrição de vocês no painel à direita:

        “Charles Michael Levine, mais conhecido por Chuck Lorre, é um escritor, diretor, produtor e compositor americano que criou várias sitcoms americanas, como Two and a Half Men, The Big Bang Theory, MIKE & MOLLY e Mom.”

        Se falaram outra coisa no cast, beleza. Mas não deixa de estar errado aqui no site. 😉

        • Verdade. Na lateral do site estava de forma equivocada. O Mike & Molly era pra referenciar séries em que o Chuck estava envolvido, mas acabou ficando na frase de “criações” dele. Mas de fato, no cast em nenhum momento é dito que ele criou Mike & Molly. 😉

  • Leonardo

    Em Um episódio de Two and half man, Charlie cria a música de abertura para Oshikuru Demônio Samurai, um anime fictício que também é citado em The big bang Theory

    • Wesley Oliveira

      Oh oh oh oh Oshikuru… oh oh oh oh Oshikuru…. My oh my he’s a demon samurai

      😉

      • Tonhão

        Li cm a voz do charlie na cabeça. Tempo bom !

  • Juan Puppin

    Episódio espetacular, gosto muito das séries do Chuck Lorre, e sobre o Big Bang Theory, o episódio paródia do senhor dos anéis é o meu favorito, simplesmente genial.

    Ah, minha sugestão de showrunner é a Shonda Rhimes, que também é outra “monstra” das séries.

  • pula morcega

    “O Jurandir não é nerd” eu ri

  • Eduardo Rodrigues

    Façam um programa sobre o processo de criação de Vince Gilligan 😀
    Ah, reforço meu pedido pelo programa sobre a segunda temporada de Fargo, que está SENSACIONAL <3

  • Wander Cassimiro

    Como vocês falam de Conan O’Brien e de Paul Rudd e não comentam das gags que eles tem do “clipe exclusivo do novo filme”? Kkkkkkk

  • Caio Cesar

    https://en.m.wikipedia.org/wiki/David_Simon

    Esse medalhão da HBO, sua última série foi Treme

    Em entrevistas concedidas ao longo dos anos, Simon disse algumas vezes que poderia oferecer um produto que venderia facilmente, mas ele teria dúvidas de que conseguiria se manter envolvido com este tipo de produto. Assim, andando na contramão e resistindo às pressões de produzir séries que possam ter aceitações mais populares, Simon já ofereceu ao público pérolas como Homicide: Life on the Street e a (agora) valorizada The Wire.

  • Diego Paulino

    Poderia ter o The Big Bang Theory no Netflix também…

  • Caio C

    Galera, a pouco notei o link “troféu 42”, fui votar, mas… Vocês estão ignorado legal Leftovers, Fargo, Rectify e The Knick. Sei que tem a caixa em branco pra escrever, mas isso me faz pensar que vocês não estão assistindo às mesmas, logo não vai ter cast dessas grandes séries?! Sosad

  • Fernando Cavalcante

    Mais um excelente cast. Sou fã incondicional de The Big Bang Theory e assim como o Juras não consigo abandonar a série, religiosamente assisto o episódio da semana e fico triste quando por algum motivo não tem episodio…Discordo quando dizem que a série caiu de qualidade devido ao foco em relacionamentos, pois relacionamentos fazem parte da vida de todo mundo inclusive dos nerds..rrsrs..e acho que a série está sabendo dosar bem o lado nerd dos personagens com seus relacionamentos.

    Abraços e parabens pelo trabalho.

  • Filipe Bortoletto

    Shondaaaaaaaaaa <3

  • Filipe Bortoletto

    AH pro pessoal do Windows Phone não tem do que reclamar, tem um app nativo do sistema, que se chama Podcasts e tanto Rapaduracast, quanto o Canal42 estão lá, o app é ótimo e funciona perfeitamente.

  • Diego Lima

    Ótimo cast, me surpreendeu de forma positiva. Achei que seria chato ouvir comentários sobre o Showrunner. Das séries comentadas a que gosto mesmo é Big Bang Theory e meu episódio favorito é onde o Sheldon tem que escolher entre o Xboxone e Play 4 que foi comentado no programa. Sou como o Jurandir no quesito de continuar a assistir BBT, eu não rio mais, porém não consigo parar de ver. Abraço. o/

  • Curti o episódio pessoal! Acredito que a única séria que vejo seja TBBT e assisto exatamente como o Jurandir. Só um Michael Scott ou um Peter Griffin pra me fazer gargalhar. Um fato interessante (não sei se ocorre nas outras), no final dos episódio sempre aparece o cartão do Chuck Lorre e eu leio todos. É deveras cômico.

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • Roger Araujo

    Musicas sensacionais nesse episodio de vcs!!!

  • San Ramon

    Sugestão pra série dos showrunners: Chris Carter.

    bom programa. Acho que eu nunca me liguei muito nas séries do Lorre, lembro vagamente de alguns episódios da TaHM.

  • Eu sou um dos que escutam os spoilers, mesmo sem ter assistido a série! hahaha

  • San Ramon

    Qual é o nome da música que toca no fim do programa (acho que conheço, mas não me ocorre o cantor)?

  • rockluis

    parabéns!!!!!!!!!!!!!!!

  • frostbr

    Quem merece um programa é o Aaron Sorkin, que foi o showrunner de The Newsroom, Studio 60 e The West Wing.

  • Paula Machado – SJDR/MG

    Ótimo programa!
    Trilha sonora maravilhosa!!! (Cadê lista no Spotify?!)
    Abs

  • Caraca, no final o Jurandir lembrou de mim, não do meu nome, mas da minha atitude de ouvir todos os programas e deixar guardado a parte com spoiler para ouvir um dia que assistir. Taí o print do twit que mandei com meu feed. Valeu pelo joinha…hehehe.

    Sobre o programa, achei uma ideia muito boa e fui pego de surpresa. Acho que Joss Whedom seria uma boa para falar, até pelo talento e ter tido sua cota de cancelamentos.

    Sobre TBBT, meu episódio favorito é aquele que a Penny fica viciada em MMO. Two and a Half Men eu curtia moderadamente, mas não consegui ver depois da saída do Charlie.

  • João Vivas

    Ótimo programa, mas ainda acho que valia a pena fazer um episódio de TBBT, mesmo que fosse para citar episódios e histórias da série, aprofundando um pouco mais em bastidores e nos próprios atores. Estou com Jurandir, nunca desisti e continuo dando muitas risadas da série. Tenho três episódios favoritos: a) o 6×11 (The Santa Simulation) um capítulo especial de RPG em que o Mestre é o Leonard. É um episódio muito engraçado e extremamente bem escrito, que falou muito comigo por ser um dos meus hobbies favoritos. b) o 6×23 (The Love Spell Potential) em que os nerds jogam novamente RPG e dessa vez com as garotas que muito adicionaram ao jogo. É impossível não rir diante das imitações de atores famosos feitas por Howard para representar monstros situações, sem mencionar que explora a intimidade de Sheldon e Ammy; c) o 2×11 ( The Bath Item Gift Hypothesis) em que diversas situações hilárias são extrapoladas, incluindo um presente totalmente inesperado de Natal para Sheldon dado por Penny. Diversos capítulos merecem menções honrosas, como todos os que Wil Wheaton aparece, o capítulo de final de ano em que todos se vestem de Liga da Justiça, o capítulo em que Leonard conta a Penny como passou a morar com Sheldon, o capítulo em que os nerds conhecem Stan Lee (exceto Sheldon que fica preso), o capítulo em que eles se vestem de Star Trek TNG e por aí vai.

    • JJota

      Poxa, curto muito TBBT. Querer dez temporadas com focando em nerdice, só se o núcleo central de personagens fosse trocado, o que seria um desastre. Até houve uma queda na qualidade dos roteiros na Era Bazinga, mas depois as coisas terminaram se ajeitando.

      Em tempo: eu já conheci um Sheldon. Acreditem, eles realmente existem!

  • João Vivas

    Para não misturar com o outro post, deixo aqui a minha recomendação sobre personalidades da TV para as quais vocês poderiam fazer um programa especial no futuro.
    a) Joss Whedon – Buffy, Angel, Doll House, Firefly, Agentes Shield e outras.
    b) Kurt Sutter – Sons of Anarchy, The Shield, The bastard Executioner;
    c) Ronald D Moore – Battlestar Galactica (2003), Star Trek TNG, Caprica, Star Trek Deep Space 9, Helix e Outlander;
    d) Aaron Sorkin – The West Wing, Sport Nights, Studio 60 on the sunset strip e The News Room;
    e) Ryan Murphy – Glee, American Horror Story, Nip/Tuck, Popular e vários filmes para a tv;
    f) Seth MacFarlane – Precisa dizer o que? rs;
    g) Terence Winter – Boardwalk Empire, Sopranos

    Obs: Se ainda não assistiram, vejam essa entrevista/mesa redonda legal sobre showrunners do Los Angeles Times https://www.youtube.com/watch?v=hsubAF1lZkY

  • Tiago Medeiros

    E essa trilha sonora de Cowboy Bebop na abertura?! Excelente!

  • Danilo Santos

    Talvez Two and a Half Man seja a minha série preferida. Jon Cryer é demais e Charlie Sheen não fica pra trás. Acho uma das melhores duplas de comédia que já vi.

  • Gustavo Mayer Pinto

    Muito boa a abertura deste cast.
    Aguardando um programa de pérolas como Fargo e The Knick.

    Obs: The Americans também é uma série que merece uma “espiada”

  • Vinicius Duarte

    Melhor série do Chuck Lorre eu não sei, mas de sitcom é Friends.

    Atualmente estou numa frenética maratona da série. pq acabei UKM e estava procurando por uma série de episódios curtos e engraçados e me apaixonei por ela

  • João Neto

    Pois é como dito no fim do cast, por mais q vc n goste das série em pauta vale a pena a ouvir. Odeio com tds as forças essas séries do chuck lorre, mas lógico dei uma conferida antes nelas e n via graça alguma. A msm coisa aconteceu com twd desisti lá na 4ª mas curti pra caramba o cast ainda deu uma ligeira vontade de voltar… mas n!!! Quero ver qd vai sair o cast da Shonda Rhimes! Muito boa msm essa abordagem ao invés de falar de somente de uma série.

    • João Neto

      Opa e eu já votei!

  • Infelizmente tem uma cena do TBBT que acaba com a teoria do Chuck Universe: https://www.youtube.com/watch?v=h9fUTbJeJtg

  • John L. F. Silver

    Essa musica de abertura do cowboy bebop aeuhaeueaea

  • Wesley Melo

    Só pra registrar Allyson Janney venceu o EMMY de melhor atriz cuadjuvante em comédia.

  • Róger Ochôa

    David Shore

  • Erick

    No aguardo de Hell on Wheels e Suits!

  • Gustavo

    Parabéns pelo cast, mas parabéns mais ainda pra quem selecionou as musicas de fundo, depeche mode, pet shop boys … deu um charme maior =D obrigado pelo otimo cast

  • Tiago

    Além de fazer um podcast sobre o J.J. Abrams poderiam fazer sobre os parceiros do J.J. que dividem trabalhos e as vezes tem seus próprios trabalhos como Alex Kurtzman/Roberto Orci (Alias, Fringe, Hawaii Five-0, Star Trek, Sleepy Hollow), Bryan Burk (Alias, Lost, Fringe, Person of Interest, Star Trek), Edward Kitsis/Adam Horowitz (Felicity, Lost, Tron – O Legado e Once Upon A Time), Drew Goddard que trabalhou com o Joss Whedon em Buffy e Angel, e com o J.J. em Alias e Lost, e foi o produtor principal da 1ª Temporada de Demolidor.

  • Alan Zim

    Eu do bastante risada ouvindo o 99vidas 😛 não sei se o Jurandir conhece 😉

  • danielracca

    Sugestão para o próximo episódio dessa série: Joss Whedon =D

  • mrgear

    Agora já era, né kkkk’, Charlie Sheen com HIV, 0 Chances de ter outra temporada com o Charlie.

    http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2015/11/charlie-sheen-afirma-que-e-hiv-positivo-em-programa-de-tv.html

  • Luis Fernando Mendes

    Otimo epi, finalmente pude ter tempo pra escutar kkkk

    Enfim, eu gosto de Chuck Lorre desde Two And halfman, que acompanhei bastante no SBT e também pela TV a cabo – mas tenho que dizer que The Big bang Theory é a minha série preferida do criador.

    São diversos episódios da série que para min me fizeram rir sim e tneho como preferidos. Por exemplo o dia em que Leonard, Raj e Woloowitz vão acampar pra acompanhar uma chuva de cometas, ou o dia em que a irmã do Sheldon veio fazer uma visita ao grupo, hilário o Raj não sabendo o que falar pra ela por conta da timidez. Até o episodio em que o Sheldon fica bolado por causa das brigas do grupo é muito bom e eu coloco entre meus preferidos. Aquele em que o grupo está indo pra Comic Con e resolve tirar uma foto no Deserto tamb é excelente.

    Enfim, sempre quandoe u tiver tempo agora estou ae no 42, e se é pra escolher um criador e diretor de séries pra ganhar seu podcast, que venha ja de uma vez Vince Gilligan kkk.

  • lover44sin

    Jurandir, pelor amor de menino Jesus, em que planeta o Steven Moffat é idolatrado? No geral, os fans de Doctor Who nao querem menos do que ve-lo cair morto! ahaahahahahah No mais, otimo podcast! 😀

  • Tonhão

    Um fato interessante que não vi até agr em nenhum site ou programa é a causa do fim de two and a half men. Só por curiosidade, o programa ainda dava audiência e o salário dos atores era bastante elevado. Quando TBBT teve a renovação de 3 anos e os principais atores pediram aumento para 1 milhão por episodio ficou inviável continuar a bancar TAHM que era mais antiga e custosa, sem contar todo o hate dos fãs com a saída do Charlie Sheen. Eu particularmente gosto das duas fases e achei o final bem inteligente. Uma pena nao terem chamado o verdadeiro Charlie mas vlw a homenagem no ep duplo.

  • Jamille Ramos

    #resistênciabigbang

  • SmokeE3 .

    Sobre o Mídia Kit, seria importante se informasse qual o número de pessoas participaram da entrevista.

    Melhor episódio: Pra mim, o melhor episódio é no The Big Bang Theory, 3ª temp. ep. 22 – The Staircase Implementation.

    Mostra como os Sheldon conheceu o demais. (Então não há spoilers!) Melhor episódio pra quem quer conhecer a série.

  • Nossa, não sabia de tudo isso sobre a Série Two and a Half Men, pois acabei vendo episódios perdidos aqui e alí. Achava divertido quando o Jake era pequeno e tinha o Charlie, mas não curti a fase do Ashton por conta na mudança de perfil do personagem do Alan. Já o TBBT, vi mais temporadas, mas começou a ficar chato, as mesmas piadas, mudanças nos personagens, enfim, enjoei. Hoje vejo esporadicamente, quando não há mais nada para ver na tv. Mas adorei saber quem era o responsável por elas, foi muito interessante mesmo. Gosto desses episódios de bastidores e por mim, vocês podem fazer outros! É bom demais! 😀

  • JJota

    Falando em TBBT, é impossível não rir com a introdução em que o quarteto está jogando World of Warcraft e encontram a Espada de Azeroth.

    https://www.youtube.com/watch?v=n-BVHS080Uk

    “Vocês não leem a descrição dos personagens?”

  • Elilde Camilo

    Que tal fazer um sobre a Shonda Rhimes? Mesmo sendo com as séries que muitos chamariam de “guilty pleasure” ( muitos assitem e tem vergonha de admitir), não podemos negar o sussesso que elas fazem. 😉

  • Tiago Farias

    Estou escrevendo atrasado, mas só ouvi o programa agora. Gosto bastante dos programas de vocês, mas discordo das críticas quantos as séries, como vocês chamam, procedurais, como os NCIS, CSI e Chicago PD por exemplo. Também não entendo as críticas para tipos de série como o Chuck Lorre faz, ou séries como Seinfeld e Married with Children. O motivo das críticas é de que os personagens não sofrem grandes transformações, que a vida é deles é muito repetitiva. E eu pergunto: e a nossa vida não é repetitiva? Qual a grande transformação que vocês sofreram nos últimos quinze anos? Vocês continuam trabalhando com o mesmo tipo de material, seja podcast ou youtube, e fazendo o mesmo tipo de atividade. A minha vida também é assim, tive grandes alegrias e tristezas nos últimos quinze anos, mas esses fatos não me transformaram, continuo sendo a mesma pessoa, exercendo as mesmas atividades, assim como acontece nas séries. A vida é assim para quase todos, e qual o problema de termos conteúdo que retratem exatamente o que acontece no cotidiano das pessoas? Gosto muito de séries como True Detective por exemplo. Mas só elogiar séries estilo Game of Thrones, Walking Dead ou Better call Saul dá a impressão de querer demonstrar uma inteligência e um aprofundamento muito grande, soa até presunçoso. Trabalho o dia inteiro, de segunda a sábado, e não quero ficar vendo séries com tanto aprofundamento, e por isso eu estou errado? Vamos respeitar quem gosta de outros estilos de séries também.

*Campos obrigatórios

Mostrar
Sumir