S01E35: Death Note [A SÉRIE COMPLETA]

Canal42 S01E35

“Maligno? EU SOU A JUSTIÇA! Sou o homem que salvará os oprimidos. E serei o Deus de um novo mundo, um mundo ideal! Aqueles que se opõem a Deus, estes, sim, são malignos!” – Light Yagami


Jurandir Filho, Bruno Costa e Ricardo Rente  pegaram seus cadernos, escreveram muitos nomes e decidiram conversar sobre o anime Death Note! O que motivou Light Yagami a realizar suas ações? O anime é no mesmo nível do mangá? Quais são os pontos fracos da obra?

Sinta-se em casa e deixe o seu comentário. \o>


TIMELINE DO PODCAST

[Introdução SEM SPOILERS | até 54min]
[Temporada 1 (Saga L.) COM SPOILERS | a partir de 54min21seg]
[Temporada 2 (Saga Mello e Near) COM SPOILERS | a partir de 1h29min]


LINKS COMENTADOS NO PROGRAMA

[LINK] Regras do Death Note
[IMAGEM] Cosplay L
[LINK] Final alternativo Mangá


TROFÉU 42 2015

[LINK] Vote agora nos melhores de 2015


ASSINE O NOSSO FEED

Não perca nenhuma edição do 42. Assine:

iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/canal42.tv/
Android/Windowshttp://feeds.feedburner.com/canal42podcast


SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS

Envie e-mails para: canal42podcast@gmail.com


OUÇA AGORA O PODCAST

Aperte o play abaixo e bem-vindo ao nosso mundo:


Quer baixar essa edição para o seu computador? CLIQUE AQUI!

Comentários

  • Bunitinho mas Ordinário

    Comecei a assistir Death Note agora na Netflix, estou no primeiro episódio .

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Concluí o anime recentemente e fiquei fascinado. Não acompanho muitas animações japonesas, mas fui fisgado pela trama inteligente e personagens bem construídos de “Death Note”.
    Os primeiros 26 episódios compõem um arco super redondinho e bem montado, com confrontos psicológicos intrigantes e um verdadeiro jogo de xadrez entre L e Kira. A conclusão é brilhante.

    Já o segundo arco, após a introdução de Near e Mello, é meio irregular. Tem ótimos momentos, incluindo a reta final, mas peca ao não inovar e reaproveitar muita coisa dos primeiros episódios. Também senti que alguns personagens acabam ficando sem função nesse segundo arco, apenas ocupando tempo de tela e não movendo a trama.

    Pessoalmente eu gosto mais do final do mangá, mas ainda assim a animação tem um desfecho coerente para essa obra incrível.

    Já tô empolgado por esse cast desde que o Ricardo avisou no twitter que ia rolar. Mesmo antes de ouvir já parabenizo você por dedicarem um episódio a esse anime!!! 😀

  • ☭ CÃOMUNISTA ☭

    Anime que recomendo que, após muito tempo considerando Death Note o melhor que assisti, desbancou Death Note: Code Geass. Puta anime foda, com um personagem principal complexo, mais que o Light na minha opinião.

    EDIT: TEM ROBÔS!

    • Henrique Tavares

      Olhei umas imagens e me afastou completamente. Visualmente tá genérico e viajado demais, coisa que DN primou em evitar e é um dos maiores diferenciais dele em relação à maioria dos animes pra mim.

      • ☭ CÃOMUNISTA ☭

        E eu concordo com você, até certo ponto. Embora, pessoalmente, eu ache o traço bem bonito, ele é bem cartunesco e exagerado – tanto que foi isso que me afastou do anime em 2008/2009. No entanto, ao dar uma outra chance a ele esse ano (muito devido a ver gente no reddit que não gosta de anime falar que esse era um dos melhores já feito), percebi que o forte desse anime é a trama. Para se ter uma noção, o primeiro episódio foi reescrito 20 vezes.

        A trama é sobre um personagem revolucionário, que faz atos questionáveis, um personagem realmente complexo. Ele, diferente do Light, não se vê como um Deus ou algo do tipo, ele só faz o que faz por uma motivação que eu chamaria de bem humana, aliás. O anime choca, também. Ele tem seus… Red Weddings. Isso, claro, sem falar nos plot twists. O final do anime é um dos melhores finais que ja vi, na minha opinião.

        Enfim, como sempre, tudo depende muito da “bagagem” de cada um. Porém, acho que vale a pena dar uma conferida…

    • Sérgio Rodrigo

      EU AMO CODE GEASS!!!!!!!!!!!!!!!!!

      AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

      Tanto é que por muito tempo, ate hj na verdade, defendo que o Lelouch é “mais” inteligente que o L ou Raito. Pois eu acho que cada um deles tem seus proprios propositos! Mas todos eles são inteligentissimos !!!!

      E sabe p q gostei tanto ? P Q TEM MECHA !!!!

    • Sérgio Rodrigo

      Se vc gosta de animes de mecha, recomendo:
      Valvrave The Liberator

  • El Luchador

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    PARA MIM, acaba quando o L morre.
    🙁
    Depois fica muito ruim.

    • Benedito Portela

      poxa, eu fiquei perplexo, como pode o L morrer? Ficou meio forçado os substitutos, lembra aquelas series que fazem sucesso e o cara que esticar a estória, mesmo assim ainda é bom!

      • Rodrigo Deway Bacelar

        SPOILERS:
        .
        .
        .
        Eu acho o final do L genial. Super bem orquestrado e bem construído. Uma vitória inegável do Light.
        O que me incomoda é a falta de criatividade ao trazerem o Near como adversário do Kira, sendo que o mesmo é praticamente idêntico ao L em comportamento.
        Embora tenha ótimos momentos e eu goste da reta final, esse segundo arco é bem mais fraco do que os primeiros 26 episódios.

    • Neto Vieira

      Near > L

    • Jairo Panzer

      Concordo contigo. Depois do L, foi ladeira abaixo.

    • San Ramon

      Fato. Além de desconfigurar a ideia base do duelo de inteligências tudo que veio depois foi meio bagunçado.

    • Olli Joe

      concordo totalmente

  • El Luchador

    Considerava Death Note o melhor anime que já tinha visto.

    Até que um dia, assisti Fullmetal Alchemist: Brotherhood

    O_O

    Acabou.
    É tetra.

    • Rodrigo Deway Bacelar

      Qual a diferença entre Fullmetal Alchemist e Fullmetal Alchemist: Brotherhood? Ou é tudo a mesma coisa?
      Eu assisti Fullmetal Alchemist e concordo contigo, é muito foda.

      • El Luchador

        O Brotherhood segue a história original do mangá, ao contrário do outro, que criou a própria história.

        Os 3 ou 4 primeiros episódios são bem parecidos nas duas temporadas, mas depois, o Brotherhood fica muito melhor, o que é completamente compreensível.

        Cara, se tiver tempo e curtir, assista.
        : )

        • Rodrigo Deway Bacelar

          Hum, fiquei muito interessado. Acho a série genial e nem sabia que era tão diferente do mangá.
          Já que tem uma versão mais fiel ao material original, então realmente tende a ser ainda melhor.
          Vou correr atrás. Valeu pelo toque.
          Abraços.

          • Benedito Portela

            Eu acho legal a Brotherhood, mas gostei mais da primeira versão, é como se brotherhood fosse uma releitura ampliada e mais explicada da primeira versão, mesmo sabendo que ela é mais fiel ao mangar! tb achei mais infantil e tem cenas que só fazem sentido se vc já tiver assistido a primeira versão, mesmo assim recomendo assistir as duas, é um das melhores series que já vi!

    • Marcelo Rolim

      FMA: Brotherhood > ALL (É pentaaa!)
      Mas, pra mim, um que chega perto é Steins;Gate (se escreve com esse “;” no meio mesmo

      • Benedito Portela

        acabei de assisti Steins;Gate, é muito bom, viajem no tempo de um jeito que ainda não tinha visto!

      • Rodrigo De Sousa

        já viu Ergo proxy?

    • Tonhão

      TEM Q ROLAR CAST D FULLMETHAL !

    • Mariana Neri

      FMA Brotherhhok THE BEST ANIME SO FAAAAAAR!!!!

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Quem quiser saber algumas curiosidades sobre “Death Note”, segue um video muito interessante:

    https://www.youtube.com/watch?v=hfTGs5qMgt4&list=WL&index=17

  • lucas rafagnin

    Qual o tempo do cast que comenta sobre a 1º temporada? 54min -> ?

  • Jéssica Cristina

    Terminei o anime a pouco tempo,o melhor anime que eu já vi ! Death Note é FODA ! o Assisti em poucos dias,e fiquei completamente fascinada,quando comecei,sabia pouco dá história e agora eu já estou atrás do mangá pra ler…E já me deu vontade de assisti outra vez! Torci por Light até o último segundo haha ! O Light me fez lembrar muito o Walter White de Breaking Bad ( é minha série favorita <3) a trajetória deles são parecidas,começar a fazer algo por uma "boa causa" digamos assim é acabar se corrompendo e acabar deixando seu "eu " falar mais alto,principalmente os episódios finais do anine me lembrar a season 5 de breaking bad,esse lance de investigação um caçando o outro,mas enfim…Death Note é DEMAIS,é foda o Parabéns pelo cast ! <3

    • Rodrigo Deway Bacelar

      Boa comparação. Mas acho que o Walter White engana a si próprio por mais tempo. O Light desde o início tem objetivos egoístas, apesar de estar “livrando” a todos do convívio com más pessoas. Ele quer ser juiz, juri e executor em um mundo comandado pelo mesmo. O Light quer desde o início ser um Deus.

      O Walter White a princípio quer ajudar a família e depois reacende dentro de si uma chama de fome de poder que estava adormecida por anos de uma vida “medíocre” e sem realizações.

      Ambos são figuras altamente complexas, inteligentes e movidas por sede de poder, mas enquanto Breaking Bad me fez torcer pelo Walter quase até o fim, não consegui simpatizar pelo Light e torcia muito para conseguirem desmascará-lo o quanto antes. rsrs

    • Tonhão

      Sempre achei breaking bad cm elementos mt próximos d death note ! E q duas obras fantásticas hein !

  • Eu tentei assistir Death Note na época do auge dos Fansubbers. E meu interesse pela série durou exatamente 3 episódios.

    Quando se assiste uma série de fantasia/ficção você tem que fazer algumas concessões, e aceitar alguns elementos que fazem aquele universo funcionar.

    Aceitar que um deus da morte japonês deu o poder de vida e morte em forma de caderno para um garoto revoltado? Aceito fácil.

    Agora dizer que o principal investigador da polícia japonesa, que ninguém sabe quem é, é um adolescente super-gênio emo é demais. Isso não funciona em um universo que é idêntico ao nosso (excetuando os elementos sobrenaturais).

    Tem alguns elementos culturais de anime/mangá que eu não curto, e um deles é o garoto-prodígio/predestinado. O principal motivo é que, em 90% dos usos desse elemento isso é apenas para servir de muleta e fazer a trama andar.

    O L é o típico garoto-prodígio (tal qual Kira), ele é mais foda que todos os investigadores do Japão, porque sim. E quando ele deduz alguma coisa foda, o máximo que o autor da série tenta justificar a conclusão de forma tão superficial que não me admiraria se alguém acusasse o L de ser o Kira ou de ser cúmplice dele.

    Uma série que faz muito melhor que Death Note é o Sherlock da BBC. Sherlock da série é um investigador foda e faz deduções extremamente precisas, tanto que a própria polícia começa a desconfiar dele. Além disso, a série é extremamente eficiente em transmitir como a cabeça do Sherlock funciona, mostrando o mesmo fazendo vários tipos de conexões que o levam a uma dedução.

    • Rodrigo Deway Bacelar

      Mas a idade, o visual e o perfil “garoto-prodígio” são idiossincrasias típicas de mangás/animes mais voltados para o público jovem.
      O visual e o comportamento do L me incomodaram um pouco no início também, mas você acaba acostumando.

      Eu não costumo assistir muitos animes, então esse tipo de coisa me chama mais atenção e me causa estranheza, mas a galera que acompanha com mais afinco tira isso de letra.

      • É cara, concordo, inclusive até falei isso, mas existe formas disso ser apresentado.

        Em Avatar: The Last Airbender todo o universo gira em torno do Messianismo.

        Em Fullmetal: Brotherwood, os personagens principais são os mais novos a se tornarem Alquimistas do Estado, mas isso veio de muito estudo e dedicação dos irmãos protagonistas.

        Mas na maioria das histórias esses elementos não são bem trabalhados, e acaba virando uma muleta que só serve para levar a história para o próximo ponto de atrito.

        • Rodrigo Deway Bacelar

          Então, “Death Note” apresenta isso de uma maneira que achei, até certo ponto, coerente. No caso do L, mais pra frente você descobre que ele é fruto de uma instituição secreta e com ligações com a Interpol, criada pelo Watari, de crianças super dotadas. Dois outros personagens que surgem mais adiante também são provenientes dessa instituição.
          Mas se você se incomodou com a idade do L, imagino o que iria pensar do Near, que parece um garoto de 10 anos (embora seja mais velho do que isso) e comanda uma equipe do FBI. 😀

          • AHAHAH

            Triste. É sério, acho tosco demais (mas entendo que é por causa do publico-alvo).

          • Ivan Freitas Raimundo

            Cara, entendo tudo o que você disse, mas é o gosto pessoal de cada um né! Tem que se entregar e curtir o negócio senão não dá mesmo, se a gente for procurar coerência em tudo a gente não assiste série nem filme quase nenhum porque todos extrapolam a realidade e talvez por isso que a maioria das pessoas goste, por estar fora da nossa realidade, assim como animes e mangás,e HQs em geral, se não se entregar e aceitar que aquilo ali é aquilo ali, você não vai gostar nunca.

    • Talison

      Meu sentimento foi parecido. Vi uns 10 episódios, mas o que mais me incomodou foram as soluções extremamente mirabolantes e precisas do L. O cara diz: “o passarinho verde deve cagar as 14h02min, seu cocô vai deslizar por uma folha de árvore, cairá no chão, onde Kira deve ter pisado e resvalado antes de cair. Por isso o próximo a ser morto é a mãe do passarinho, como forma de vingança.” E, no fim das contas, era isso mesmo.
      Achei muito forçado nesse sentido, e desisti. Ouvi o podcast pra saber os spoilers e ver como acaba, pois a premissa é boa.

    • Cara, vamos lá, vou responder usando os nomes do manga(anime legendado) o Kira, foi um cara qualquer, o shinimigami só queria se divertir, ele não deu o caderno ao kira. Foi mostrado depois que as pessoas depois de algumas mortes, ficam com remorso e se matavam.

      O L não é japonês, e o Raito (kira) é um cara que vai crescendo na polícia aos poucos, então quem é esse cara emo? O L é um autista social, mas não emo e nem da polícia japonesa e ser gênio depende de idade?

      Todos os mangas tem um escolhido, então tu não gosta de manga. (One piece, bleach, toriko, naruto, boku, nanatsu, cavaleiros, shingeki).

  • Felipe Soares

    Só passando rapidinho pra dizer que o cast foi excelente, que (na minha opinião) Death Note é muito interessante apenas na primeira parte (antes de vocês sabe, quem morrer) e dizer que depois desse mangá, Takeshi Obata e Tsugumi Ohba criaram o mangá Bakuman (que tem anime e foi publicado aqui no Brasil pela JBC) e recentemente eles começaram a publicar a obra Platinum End na revista Shonen Jump.

    E ampliando uma informação do do cast, o mangá Hiraku no Go foi escrito por Yumi Hotta e ilustrado pelo Takeshi Obata.

  • Neto Vieira

    Hoooy Raito! Acho muito estranho chamarem o Raito e o Ryuuku de Light e Ryuk…

  • Uryuu Rayleigh

    Façam um cast sobre one punch man

  • Bruno

    Já que vocês tão procurando uma série pequena e muito boa (não é facil ter podcast semana de seriados né), seria muito bom um de Hellsing, é um manga de poucos volumes e um anime de 10 OVAs (não vejam o anime original que é puro filler e nem de perto o que é a série mesmo)

  • Feliparus

    Não acredito. Este anime é fantástico. Nunca pensei que fossem falar dele. Uma dica : Code Geass. Jurandir deve ter visto. Eu considero muito melhor. Mais Death Note é show.

    • Sérgio Rodrigo

      Vou repetir o comentario que fiz acima:

      EU AMO CODE GEASS!!!!!!!!!!!!!!!!!

      AMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

      Tanto é que por muito tempo, ate hj na verdade, defendo que o Lelouch é “mais” inteligente que o L ou Raito. Pois eu acho que cada um deles tem seus proprios propositos! Mas todos eles são inteligentissimos !!!!

      E sabe p q gostei tanto ? P Q TEM MECHA !!!!

  • Miura Cansadão

    que pergunta idiota no inicio.

  • Gharcia

    Morrer todos vamos. Morrer de um ataque cardíaco, em 40 segundos é uma benção que não sei se terei. Sinceramente acho injusto q um criminoso morrer tão bem assim. Existem um sem número de castigos pras pessoas vivas. Muitas delas de bom coração que sofrem todos os dias.

  • Warna Martins

    Assisti já várias vezes o anime, sempre que aparece algo que me lembre dá vontade de assistir de novo. Nunca vi ele dublado e agora deu vontade de assistir escutando o podcast, a dublagem ficou muito boa mesmo. Também deu vontade de ler o mangá e esse final alternativo é MUITO BOM (sempre achei que faltava algo no final e não sabia bem o que, agora entendo o que seria).

    Acho que o problema do Near e Mello foi que eu percebia como uma tentativa (frustada) de fazer um novo L, contudo não existiria ninguém capaz de o superar. Mas foi bacana no final ver que não foi superioridade e sim o trabalho em conjunto que conseguiu vencer o Kira.

    A trilha sonora, o jeito psicótico do Light sendo mostrado quando ele começava a se tornar Kira, a batalha Kira x L e tudo o que a história nos faz pensar sobre realidade da nossa sociedade são incríveis. Um anime bom de se assistir, com algumas partes engraçadas, trama envolvente e que dá arrepios. Muito bom mesmo, nota 5! 🙂

  • Keller Nunes Backes

    É tão estranho você ver o anime em japonês e no cast os trechos serem todos dublados (até pq não poderia ser diferente kkk).

    5/5 Death Note!

    • Tonhão

      O dublador japonês do kira é fudidamente bom !

  • Miura Cansadão

    Esqueceram que desde o começo o shinigami sempre falou que iria matar o Kira.

  • John L. F. Silver

    Meu DEUS, vou vomitar, nunca tinha ouvido Death Note dublado aaaaaaaaahhhhhhhhhhhh

    • Tonhão

      É bem escroto msm. O kira cm voz d treinador pokemom kjkjkjk

    • Alan Zim

      Haha faz o seguinte,vai no youtube e procura o momento que o Light revela que é o Kira,dublado em vários idiomas.

  • Caio

    Nossa, pra mim o melhor programa até o momento. Muito completo.

    Sobre o anime e o mangá, são meus favoritos. Tenho toda a OST do anime no PC, que é INCRÍVEL. Meus personagens favoritos na série foram Light e a Misa.

    Só achei que faltou mencionarem o Bakuman que também é bastante relevante como obra deles.

    • Obrigado pelos elogios, mas nós falamos sim sobre Bakuman. Você ouviu o programa todo? 🙂

      • Caio

        Confesso que não. Desculpe hahaha Acabei de ouvir sua menção a Bakuman.

  • Marcelo Rolim

    Já tentei o mangá duas vezes e o anime uma, mas nunca consegui passar do começo do segundo arco, sempre desanimo e ricardo.

  • Igor

    Achei bem honesto o final de death note.

  • Vandemberg Silva Lima

    Gostei muito do episódio, parabéns pela qualidade, me surpreendi muito com esse edição ao ponto de lamentar não está com fones de ouvido no trabalho.

    Sobre a segunda temporada do anime, é sempre bom levar em consideração a quantidade de personagens que foram mantidos na história, vindos da primeira temporada, e a soma dos novos que surgiram na segunda temporada. Infelizmente o modelo de manga de Death Note são apenas 18 páginas por capítulo, o que dificultou e limitou o desenvolvimento de tantos personagens na obra. Tal dificuldade dentro do mangá se refletiu na adaptação do anime que não teve muito escolha a não ser seguir a história já estabelecida. Não digo que isso justifica complemente a falta de carisma encontrada na segunda temporada, mas na minha opinião torna justificável os “furos” na história.

    Sobre o final, apenas lamentável a falta de coragem do anime de ser fiel ao mangá.

    Obrigado pelo episódio e continuem assim. Tentar aparecer aí na CPRecife 2016 neh?

  • Igor

    Merecia ir para a tábua do 42 em :/

  • Tonhão

    Parabéns pessoal, mais um brilhante episódio. Esse quadro dos animes ta merecendo 5 estrelas como um todo hahahua melhores eps.

  • Doansel

    programa realmente muito bom, com opiniões interessantes de todos os participantes, o canal 42 ta sendo o melhor produto da Jurandir Filho Produções ashahsahshashashash

    • Tonhão

      Concordo !

  • Allan

    Umas das melhores trilhas sonoras que já ouvi. Até o fim da 1° temporada é muito bom, mesmo sendo completamente forçado. depois mehhhh.

  • Wallace Rodrigues Souza

    Eu tenho uma réplica do Deth note com o nome de todos os que o Kira matou na ordem e tudo mais.

  • Gustavo Palma

    Que anime IRADO! Sem duvidas um dos melhores que já vi! E as aberturas e encerramentos?? Eu nunca consegui pular um deles e quer, de tão fodas! Obrigado Canal42 por fazer um cast sensacional como esse, ao nivel de Death Note, com 2 hrs e pouca de cast, ficou foda demais! Faltou apenas citar ,que no Dorama (a série live action) tem um final diferente do anime e mangá, vale conferir! Abraços e muito obrigado!

  • Diego Lima

    Caraca que foda que ficou esse cast!

    O anime sem dúvidas é um dos melhores que já vi, sua trilha sonora, a animação, a direção de arte… Tudo é impecável nessa parte. Tirando os nostálgicos DBZ, CDZ e Yu Yu, Death Note entrar fácil no meu Top 5 melhores animes de todos os tempos. Tenho a trilha sonora no meu celular e quando assisti a série, que foi 3 vezes por sinal, nunca pulei a entrada e o encerramento. 🙂

    O primeiro arco que é do L é fantástico, a forma como é conduzida a história, Light é gênio e seu antagonista não fica atrás. Os autores conseguem criar uma trama que te deixa completamente envolvido, entretido no decorrer de todos os fatos. Acho que se fosse eu a encontrar um caderno com poderes de Shinigami poderia ter agido parecido com Ligth, e, por outro lado entendo a visão de L que tomava a parte da justiça que os assassinatos não eram corretos. Como todos concordaram a primeira parte do Anime é muito boa sem problemas e minha nota seria 5 estrelas.

    A segunda metade eu fico meio com o Bruno e Juras, apesar de compartilhar da ideia do Ricardo que foi uma sequência necessária e com pontos altos. Near e Mello não estão a Altura de Light e L. Os antagonistas do primeiro arco são fenomenais. Light mais relaxado e dono da situação deixou brechas que o adversário L conseguiria pegá-lo facilmente. Não gostei do final mirabolante das trocas dos cadernos, poderia ter sido um plano mais inteligente que não deixasse falhas que, como o Bruno disse, Light da primeira parte não deixaria passar.

    Por causa da segunda temporada que pra mim é 3 estrelas e tomando a média a série fica com 4 estrelas. O Ricardo me fez querer ler o mangá e vou correr atrás pra ler logo.

    Abraço e grande Cast galera ficou muito honesto. Vou fazer a maratona de Jessica Jones esse fim de semana.

  • Silvestre Peba

    Acho que o bruno quer ser critico demais. Simplesmente um dos melhores animes já feitos ae o cara quer fazer criticas vazias sobre a segunda temporada, toda historia caminha cada personagem tem uma evolução durante toda a serie, Light e o vilão da historia e morre por sua soberba e narcisismo.

    • Tonhão

      Nem tanto cara. Os pontos q ele destacou foram meio destoantes msm. Finalmente ouvi alguém falar daquele lance sem noção do pai do light virar o portardor dos olhos e tals. Nunca engoli aquilo. Mas sao só riscos no pilar q é a obra. Ela continua intacta cmo uma obra mt bem feita.

    • Bruno Costa

      Rapaz, para eu poder te responder eu preciso saber o que vc discordou de mim. Aponte as críticas vazias para que possamos debater juntos.

  • @ricardo_rente:disqus tua empolgação no cast foi tanta, fato raro, que eu me empolguei de assistir. Até agora só assisti o primeiro episódio e realmente ele foge um pouco dos animes mais tradicionais, o que gerou curiosidade da minha parte, vou continuar assistindo. Outra coisa sua fama de “chato” foi positiva, pois quando você indicou algo que realmente te chama a atenção, acabou sendo uma boa indicação ao meu ver, pois nunca tive muito interesse de ver DeathNote.

    • Exato, honestidade sempre, pra que quando falar que algo é bom vocês poderem confiar hahaha

      • Wesley Rocha

        Ricado Rente desistente e honesto!! hahahaha

  • Jairo Panzer

    Ótimo episódio. O final do Death Note não poderia ser outro, mas concordo com o Jurandir: foi tudo muito preguiçoso.

    Spoiler

    Gostaria de ver o Light depois da morte, pra onde foi, etc…

  • Pedro Filipe Luminato Meza

    Alguém sabe a música aos 12:00 min?

  • @jurandirfilho:disqus por que o mal não pode vencer numa obra ficcional? Acho interessante mostrar esses finais com o mal vencendo, só o bem vencendo não parece retratar a realidade cotidiana, ambos os lados podem ganhar uma “batalha”, porém não necessariamente reflita o resultado da “guerra”.

  • @ricardo_rente:disqus obrigado pela citação indireta no final do programa, eu sou um dos que escuta o podcast todo, mesmo sem ter assistido a série e tomando os spoilers na cara. asuasuahs

  • Rodrigo Rufino

    Que satisfação escutar este podcast, pois Death Note foi o anime que me levou a querer assistir outros; simplesmente reacendeu minha paixão por animes. Bastou eu ver os dois primeiros episódios para me sentir fisgado com aquele jogo intelectual de gato e rato entre Light e L. A discussão levantada por Death Note sobre ter o poder sobre a morte somada à questão moral sobre ser certo ou não eliminar os elementos considerados nocivos da sociedade é muito atual, além do uso do poder “dado” (neste caso, “por acaso”) a um ser humano falho, por mais genial que este seja.

    SPOILER

    Mas, diferente do que muitos pensam, não acho que as sagas Mello e Near tenham sido ruins ou fracas; L era um gênio misterioso, ainda que bem humano, com suas pecularidades, mas sua eliminação, a meu ver, foi importante para dar renovada na dinâmica da série, para fortalecer a arrogância do Light por ter vencido seu principal oponente, sem saber que de onde ele veio havia mais gênios. Mello e Near não chegavam perto do potencial de L. Então gostei de, no princípio, o que era um simples embate entre eles, tornou-se “um trabalho em equipe”. Os dois, com suas forças unidas até certo ponto, derrubaram Kira.
    Talvez sejam menos icônicos que L, mas não diminuíram minha empolgação pelo anime.

  • Felipe Maricato Moura

    O bonito do DN é que diferente da maioria das obras de enterimento é impossível apenas assistir sem colocar-se na pele dos personagens ninguém escapa do questionamento “E se eu tivesse um DethNote o que eu faria?” você não simplesmente assiste.
    No momento em que você pensa “eu mataria muita gente” tente pensar e se meu inimigo tivesse esse poder então você percebe que ele mataria você também. Então você fica feliz por não existir o dethnote.
    Legal também são as referências católicas na série sempre aparece igrejas, simbolos católicos bem legal, sem aquelas referencias pejorativas que é a ambição das obas contemporâneas.

  • Felipe Maricato Moura

    Há importante mencionar que a edição do programa ficou primorosa.

  • Rafael Iga

    https://www.youtube.com/watch?v=CxE2BnFZTK4

    Pra quem quiser “assistir” o final do Mangá, acho q esse video está melhor q da postagem 🙂

    • Tonhão

      Putz cara, q erro eles n terem terminado assim !

  • Lucas Da Silva Biava

    Eu só li o manga, vou escutar mesmo assim … espero entender o conteúdo

  • Vinícius Buosi

    faz um podcast falando sobre a serie do pokemon!!! e se for possível chama o izzy, evandro e o bruno!!! valeu!!! vcs sao fodas

  • Filipe Bortoletto

    Dexter final lindo u.u eu gostei <3

  • Doug Araújo

    Como já foi dito temos que ter uma suspensão de descrença, a série é boa, não entra no meu top 5, mas, é muito boa. Em alguns momentos acho meio confuso algumas explicações talvez tenha faltado mais atenção da minha parte. A mudança do Light ao longo é muito boa fezendo um paralelo com mister White que fizeram na abertura do programa e o shinigami muito bom personagem.

  • Doug Araújo

    Curiosidade Guilherme briggs dubla Ray Pember não lembro a escrita.. Foi mal pelo possível erro

  • Charles Benedito

    úúúúúú

    pega na minha e balança Jurandir Filho

    episodio foda!

  • Luis Fernando Mendes

    Podem me jogar pedras ma eu gostei MUITO do final de Death Note da série, ok não é tão foda quanto o Mangá mas eu ainda assim gostei. Eu fiquei meio angustiado e triste até em ver o Light desesperado pra não morrer e enxergando ele ainda como estudante bem antes de encontrar o caderno – e a trilha sonora é bem concebida também.

    Eu considero Death Note uma das melhores séries/animes ja feitas, realmente da pra refletir muito com a história, imagine você acabar com guerras e violência apenas com um caderno desse? trazer a paz ao mundo?? Mas será mesmo que eu traria a paz eterna, será que eu seria corrompido pelo caderno igual ao Light?? Muito mas muito reflexiva.

    Enfim, esperando muito pra vocês fazerem um canal por um dos melhores animes/mangás que eu ja vi também E MEU DEUS QUE FINAL, MOnster – merece e muito um canal 42.

    • Tonhão

      O anime do monster faz jus ao mangá? Li o 1 vol e achei foda ! Mas n segui os outros , queria ver o resto.

  • Felipe Tavares

    Programa sensacional, parabéns. Voltei a assistir o anime por causa do 42

  • Gustavo

    FODAAAAAAA, tava ansioso por esse cast, vamos lá ouvir =D

  • MatheusBZL

    Muito bom o episódio, nunca tinha ouvido falar dessa série. Comecei hj e não consigo parar de ver. Parabéns pela qualidade do podcast

  • Olli Joe

    Que excelente cast hein! um primor!
    vcs perceberam como é muito mais enriquecedor para o cast quando todos assistiram a série, ao invés de “ricardar” rs e gravar assim mesmo

  • Olli Joe

    Death Note tem um baita roteiro, e uma animação de cair o queixo, muito bem feita mesmo. E, poderia ter acabado na primeira temporada, porque a segunda é irrelevante, com aqueles criancinhas ‘wannabe’.

  • Olli Joe

    Gostaria de ver um final em que o Light vence e governa o mundo mesmo, esse negócio de final semi-hollywoodiano foi meio covarde.

  • João Farias

    O que vocês acham da teoria em que a Misa tem o tempo de vida dos dois Shinigamis que deram a vid apor ela, por isso ela ficou viva anos após fazer o acordo duas vezes. E que a parte em que o usuário do caderno não ir pro céu ou pro inferno significa tornar-se um Shinigami.

  • AslanternaRisesFromTheGrave

    A série é muito boa, mas nunca esqueço como é conveniente o cara no início falar o nome dele na frente do Raito…

    Fica aqui uma paródia do Smosh!

    https://www.youtube.com/watch?v=mtODX-055g8

  • Mariana Neri

    Raito fascistinhaaaaaa!!!

  • Paulo Victor

    Ótimo episódio pessoal! Engraçado ver o Ricardo do outro lado(o que defende a obra) KKKKKK
    Realmente a segunda temporada é menos boa. Aconselho assistir o live action(só o primeiro), que embora seja inferior ao mangá e ao anime tem um final interessante.

  • Alan Zim

    Realmente esse debate sobre matar ou não os bandidos é muito atual,eu sei que se eu tivesse esse poder do Kira eu faria o mesmo ou pior,mas com toda a hipocrisia que me é permitida,eu nunca torci pro Kira,até porque eu sabia que no momento que o Kira fosse encurralado ele ia matar quem se metesse no caminho,é muito poder pra uma pessoa só,então sempre estive do lado do L.
    Assim como se eu tivesse o poder do Superman eu mataria bandido pra kct,mas gosto do Superman justamente por ele não fazer isso kk
    Os momentos que mais curti na serie foi o desafio entre os dois no 2° episódio,a hora da forca,o Kira recuperando a memória,e a treta do final no galpão.
    Por culpa de vocês!!!! Vou ser obrigado a assistir de novo,deu muita vontade kk
    E assim como o Kira,eu achei o Death Note(anime) por acaso,eu estava voltando do trabalho,vi a capa do anime no camelô(outra época kk) e comprei só por curiosidade,a partir dai virei fã!
    Mais uma vez o cast foi muito bom,curti os argumentos de vocês sobre a segunda temporada,eu até gostei dela,mas achei o Near um saco..

  • Rafael Gonçalves Pereira

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    SPOILER ABAIXO!

    Pra mim o melhor final seria ninguem conseguindo provar que Light era o Kira.

    Após ele vecer os “garotos prodigios” o Matsuda tendo certeza que ele é o Kira, mesmo sem conseguir prova, o mata (tipo sherlock pra quem ja viu).

  • Eu me lembro quando comecei a acompanhar DN, era o auge das subbers (e que viviam errando na tradução, como erroneamente chamarem o Light de Raito porque era assim que os dubladores o chamavam)!
    E pra mim foi uma mudança de paradigmas, que viva vendo animes de porrada e shonen bem espalhafatosos, mas com pouco conteúdo intelectual, ver um anime focado em um confronto de gênios e um tentando descobrir o outro criava uma tensão foda.

    A série é fenomenal, cria uma série de indagações morais e você ora torce por um, ora torce por outro ou fica falando mentalmente como o Light (que nome para se dar para um japonês, né? O que os pais deles tavam pensando).

    Eu cheguei a curtir a segunda temporada, apesar de admitir que ela não é tão empolgante do que a primeira.

    Concordo que ela é um complemento da primeira e não uma repetição de situações, pois as coisas tão bem mudadas. Aqui temos o Nier tentando desmascarar o Light, enquanto esse está no seu auge, assumindo o papel do L e “buscando” o Kira, sendo que ele sempre fica dando voltas para não ter que se preocupar com isso. No final, o que realmente o derrotou foi ele mesmo, a prepotência que sentiu e a ânsia de vencer o Nier em seu próprio jogou acabou fazendo com que ele derrapasse e colocasse tudo a perder.

    Quanto ao final, é visível que na obra original quiseram dar um final mais angustiante pro Light e finalizar com ele realizando aquilo que ele sonhou em ser… apesar de não ter sido da forma como ele imaginou que seria.
    Em miúdos, o fim dele é igual no anime: o Ryuuk que escreve o nome dele ele morre. Mas o que em faz gostar dessa parte do anime é que ele, enquanto fugia, acaba passando com o Light do passado, quando ele era só um estudante prodígio, ingênuo e ainda não influenciado pelo poder do caderno.

    Aliás, eu revi dublado quando passou no Animax e que dublagem fenomenal. O José Leonardo que fez o Light entendeu muito bem a essência do personagem e as risadas megalomaníacas que ele dava eram demais, conforme a gente ouviu no cast.

    No mais, é uma série incrível, e que recomendado pra todo mundo. E se eu tivesse posse de tal artefato, eu iria fazer de tudo para abrir mão dele, pois eu sei que seria só uma questão de tempo para usá-lo e viver uma vida me culpando com o sangue que eu teria em minhas mãos, além de não caber a mim julgar quem deve viver ou morrer.

  • Talison

    Os comentários de vocês me fizeram ter vontade de dar uma segunda chance a Death Note. Parei antes dos spoilers. Vou aproveitar que tá no Netflix e fazer isso.

  • Lucas Vinicius

    Só digo que tem que ter das 3 temporadas de Bakuman

  • Henrique Tavares

    Tem coisas que mesmo dando aquela pioradinha, ainda continua único. Death Note é assim pra mim. Continuo achando uma história ímpar.

  • Esse é mais um da lista “não vi, mas estou pensando seriamente em ver depois do que vocês falaram no episódio”. Obrigado por mais essa indicação 😉

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • Pooh chato não terem falado dos filmes, apesar de não ser melhor que o anime o segundo filme tem o final do Manga, onde o Kira se humilha pro Ryuku.
    E pra dar uma variada interessante >>>>>>>>>>>>>

    SPOILERS DO FILME !

    SPOILERS DO FILME !

    SPOILERS DO FILME !

    SPOILERS DO FILME !

    SPOILERS DO FILME !

    >>>>>>>>>>>>
    No filme, quem vence o jogo é justamente o L, que não deixou de suspeitar do Light pois ele decide escrever o proprio nome no DN colocando um prazo de morte, assim quando o Kira escreve jah não adianta mais e não consegue matar o L.
    O terceiro filme é justamente o L resolvendo vários casos, entre eles a ameaça de uma bomba atômica com esse prazo de tempo que foi impôs no Death Note que é uns 3 ou 6 dias.
    <<<<<<<<<<<<<

  • Sérgio Rodrigo

    Na minha opinição (peço gentilmente que respeitem), eu acredito que o Lelouch de Code Geass é tão inteligente quanto Raito e L.

    OBVIAMENTE são propostas diferentes, mas ambos são muitos inteligentes!

  • MacGaren Pelado

    O Jurandir falando das crianças com cosplay de vilão, me lembrou que neste halloween fantasiaram uma criança de Pablo Escobar.

  • Paulo Monroe

    Excelente cast, Death Note é um ótimo anime, que tem e deve ser discutido várias e várias vezes. Certa vez fizemos uma acalorada discussão sobre o anime na minha sala na faculdade, até que ponto o Kira estava certo em fazer justiça? Esse poder de fazer justiça atrapalhou o seu julgamento final? Enfim, parabéns pelo cast.

  • Michelangelo Fazendeiro

    Para mim ninguém venceu, não é uma história sobre vencedores e perdedores, mas sim sobre o ciclo da vida.

    Deus existem em um âmbito figurativo, mas na antiguidade era real, o Deus punitivo que matava as pessoas(seja pela natureza ou doenças), com o tempo a razão matou esse Deus e houve a secularização da sociedade, Kira quis mudar o mundo, punindo as pessoas como novo Deus, L entrou como a razão que quis acabar com os desmandos desse Deus(Na cabeça dele só mais um megalomaníaco com uma arma), mas Deus no final matou a razão(final da 1ª temporada).

    A próxima temporada começa com um período significante de tempo após os eventos da primeira(mundo governado por Deus), mas no final a razão ganha e mata esse Deus Injusto, mesmo sendo outras pessoas, pois o ser humano avança com ajuda de todos os outros que vieram antes deles.

    A razão no final ganhou com a morte de Kira e Deus vive novamente no sentido figurado, quem quiser continua acreditando nele(como o culto), pode ser que com o tempo ele deixaria de ser um culto tão forte, pois passaria por um processo mais ou menos o do que as religiões de hoje passaram, mas essa presença de deus ainda continuaria existindo.

    No final mesmo não teve vencedores e perdedores, só o que sempre existiu, (Que sucedeu Deus)Kira ainda vive na religião, assim como L(Que representa o homem) ainda vive em seu pupilos, e os dois serão sucedidos por outros, por outros e por outros…

  • Vinicius

    O Melo é meu personagem favorito, justamente pq é o primeiro desafio do Light de uma pessoa que não segue as “regras”, ele trouxe um elemento novo no roteiro.
    A serie é 10 no geral, só o final que é um pouquinho forçado, mas nada que abale essa incrível obra.

    abs

  • Eder Moura

    Passando pra agradecer. Esse anime tava na minha lista já tinha um bom tempo, tô apenas adorando! Mesmo tendo tomado todos os spoilers, ainda tá legal assistir!

  • Gostei do episódio, embora eu tenha perdido o gosto pelos animes, achei a abordagem do Canal 42 muito competente. Foi a primeira vez que me explicaram sobre essa série de um modo honesto, sem o emocional dos otakus fanáticos influenciando. Ouvi até o final, pois não pretendo assistí-la. Obrigada. 😀

  • Rodrigo De Sousa
  • Bunitinho mas Ordinário

    Eu achei a derrota do L mamata , o Light convenceu o Shinigame a matar o L, isso não tem como retrucar .

  • Felipe V. R.

    SPOILERS!!!!! (mais ou menos)

    Eu vejo o Mello e o Near como o último “movimento” do L (pensando no xadrez). Então pra mim o Light perde sim pro L e não pra eles dois, que realmente são uns bostinhas se comparados com o Hyuzaki.

  • Felipe V. R.

    SPOILERS!!!!
    Eu gosto de pensar que ambos os lados ganharam e perderam:
    O L ganhou porque os discípulos dele, que só estão lá por causa dele, descobrem o Light e matam ele etc. Além disso, ele estava certo o tempo todo. Ele sabia que o Light era o Kira.
    Já o Light venceu porque ele conseguiu mudar o mundo. É só olhar os dados do ultimo episódio. Maluco, ate OS FUCKING EUA ADMITIRAM Q O KIRA ERA FODA. Além disso, muitas pessoas ficaram a favor do Kira. Se procurar em um dos episódios, o Matsuda questiona se o Kira não estaria certo. Ou seja, por mais que o Light morresse, o Kira de fato mudou o mundo como o Light queria, as pessoas estavam considerando ele um deus. O final do mangá mostra isso melhor.
    E é óbvio que os dois perdem porque morrem :/

  • João Flávio

    Melhor anime ever hehehe!

  • Rodrigo Basso

    Primeiro, muitos dos vilões citados no início do cast tem seus motivos EXPLICADOS, mas não podemos dizer que são JUSTIFICADOS. Nada justifica as ações do coringa, por exemplo. Eu entendo (explicado) o porque ele faz isso, mas não compactuo (justificado).
    Death Note só é bom se vc não parar para pensar nele. Eu assisti os 10 primeiros episódios na Netflix e estava gostando. Aí um amigo meu chegou em casa e comecei a comentar com ele sobre a história e conforme eu falava eu via como era galhofa e sem sentido o anime.
    Eu gosto de anime e manga e já bastante coisa, mas como amante de histórias policiais Death Note peca muito na lógica, sem falar nos abusos de Deus Ex Machina para impedir que o Light seja pego pela L.
    Definitivamente, esse é um anime que eu recomendo que as pessoas não assistam.

  • Bunitinho mas Ordinário

    Devo confessar que não acreditei na morte do L, fiquei até o último episódio esperando que L aparecesse dizendo que forjou a morte junto com o Shinigame pra pegar o Light.

  • Bunitinho mas Ordinário

    A morte do L me decepcionou .

  • Luiz Guilherme Silva

    Acabei de rushar Death Note, depois de ver a primeira parte do cast e logo após vim direto pra cá e terminei de ouvir o programa. A série foi sensacional, a animação foi sensacional, a trilha sonora foi linda e os personagens muito bons. Não gosto muito do L e até gostei de ver dublado. Obrigado pela recomendação e obrigado pelo cast! #TattoodoRyuk

  • Alex Ferreira

    Vocês vacilaram na marcação do tempo. Na descrição diz que os spoilers da 2° temporada começam lá pra 1 hora e 20 e pouco. Aí fui ouvir o bloco da 1° temporada logo após ter terminado a mesma e logo lá pra 1 hora e 10 já tão metendo spoiler da 2° 🙁

  • Felipe Caldart

    Primeiramente, obrigado pelo ótimo cast, foi muito divertido ficar mais de duas horas ouvindo sobre uma das minhas obras favoritas. O pessoal em geral tem preconceito em assistir animações pois as consideram coisas de criança, quando na verdade seu conteúdo e ensinamentos podem superar em muito filmes e séries tradicionais.

    Death note me conquistou desde seu segundo episódio, com todo o clima de rivalidade e mistério envolvendo L e Kira e as deduções e atos que acometem o primeiro embate entre os personagens.

    Ambos sabiam que o primeiro a ser descoberto, perderia. Através de toda a primeira temporada o duelo mental entre ambos foi sufocante, me via prendido a tela, apreensivo como o novo rumo de eventos tomaria forma.

    O conceito de certo e errado entra em jogo nesse anime, e você deve escolher para qual lado torcerá: apoiará Kira em sua empreitada para erradicar o mal do mundo sobre quaisquer consequências; ou escolherá o lado de L deixando que o mal seja punido pelas mãos do homem e não pelas mãos de deus.

    COMENTÁRIOS COM SPOILER

    De toda a primeira temporada, tenho apenas uma ressalva que
    me deixou muito frustado: Durante o encontro de L, Yagami e Misa na faculdade, onde a Misa é presa como sendo suspeita de ser o segundo Kira, porque diabos ele não prendeu o Light como suspeito de ser Kira também? Ele já tinha varias suspeitas contra ele e a Misa tinha dito que era a sua namorada. Como não foi preso, o Light conseguiu bolar um plano pra se livrar e eu não consegui perdoar essa falha gigantesca.

    Gostei da forma como o L morreu, pois o Light não o venceu completamente. Ele teve que recorrer ao shinigami para poder ganhar. Uma vitória, ao meu ver, só aconteceria se ele mesmo tivesse descoberto o nome de seu inimigo e o tivesse anotado no death note.

    Na verdade, considero o L como vitorioso, pois ele iria desmascarar a única regra que sustentava a inocência do Light. Sem ter como apelar para a Remu, Light teria perdido.

    Vocês comentaram no cast que na cena onde o L lava os pés do Light, ele estaria pedindo uma espécie de perdão e desistindo dele como suspeito. Eu vejo de outra forma, creio que o L sabia que a regra era falsa e iria acabar com o Light ao provar isso, o L considerava o Light como seu amigo e aquela cena representava a tristeza dele na iminência de tornar-se novamente sozinho ao derrotar seu amigo.

    A segunda parte do anime realmente perdeu fôlego e concordo que algumas soluções pareceram forçadas e rasas. Tento atribuir isso a soberba do Light por ter se tornado deus do novo mundo e a uma mente menos aguçada do Near se comparado ao L, propiciando embates menos épicos.

    Não consigo digerir que o Light tenha transferido tanta responsabilidade na mão de terceiros, dar informações e até mesmo o próprio death note para Mikami e Takada não fazem nenhum sentido para o ser individualista que era o Light.

    A obra não é perfeita, mas como falaram no próprio cast, ela fica na memória e por isso é 5/5.

  • Schmidt

    Gostei muito desse anime!! Ótimo, mas realmente a segunda parte foi bem fraca, muito corrida e com alguns furos bobos. Porem gostei do final da forma que foi, não sabia das diferenças com o manga e anime e vou procurar o manga pra ler. Independente da segunda parte mais fraca a obra é ótima e ainda é um dos melhores a animes já feitos!!

  • Sobre o papo do começo. Meu personagem favorito da série do Flash é o Doctor Wells hahaha

  • Sóstenes – Toty

    Wowwwwwww!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Don’t Belivie!!!!!!!!!!!!!!

    Cara….(recuperando o folego)…. vocês são DEMAIS, realizarão meu sonho… Vocês criaram um PODCAST no estilo rapaduraCAST sobre SÉRIES!!!!!!!!!! e ainda por cima, como pude perceber, vocês falam sobre: TWD!! WOOOOOOOOOOOOOooooooOOOOOOW!!! acabei de ver que vocês também falam sobre a série do Daredevil… (enquanto tou escrevendo, também estou conferindo o conteúdo dos sites, é a primeira vez que estou futricando o site, mas já ouvi o cast do Death Note, e também estou baixando a série pra rever, já estava nos meus planos, depois deste cast, Prioridade!!!)

    Parabéns Pessoal, vocês tem o melhor “cast” de participantes, vocês são super engraçados e bem competentes nos comentários de vocês, continuem assim… eu ainda não ouvi, mas será que tem algum cast com o PH, deve ser divertido ele reclamando de detalhezinhos sobre séries.

    Então é isso.. talvez irão ler isso, sendo assim, BOM TRABALHO, FIQUEM COM DEUS, ABRAÇOS, E CONTINUEM FALANDO SOBRE SÉRIES. SÃO TOP’S VOCÊS!

    P.S.: Só se der,se vocês estiverem com tempo, sem nada pra fazer e seguirem meu humilde concelho, falhem sobre: Hannibal e Pushing Daises, ampos do Brain Fuller e ampas canceladas, porém ótimas séries!!!!

  • Caras, parabéns pela escolha de Death Note!

    Eu sou fã de animes e na minha lista de melhores animes com certeza listaria Death Note. Me lembro de ter assistido através de Fansub pela internet por volta de 2008 e fui muito marcado por esse anime, já que conheci várias pessoas e fiz alguns amigos por conta do anime.

  • Vinicius Henrique

    Faltou uma coisa muito legal que é o único jeito de um Shinigami morrer. O Rem conta da historia de um Shinigami que se apaixonou por uma humana. E quando chegou o dia dela morrer ele salvou ela escrevendo o nome dele no Death note e morreu por causa disso. Ai final do episódio, vc descobre que a humana era a Misa. e todo o tempo de vida restante do Shinigami adicionou na vida dela.

  • Patrick

    Ótimo podcast, parabéns. Vou correr atrás do mangá!

  • Mr.Kimchi

    já acompanhava o 99vidas e o cinema com rapadura, mas foi só esta semana que comecei a prestigiar o canal 42 e tenho gostado do que ouvido.
    com relação a esse episódio, ao invés de comentar o anime (um de meus favoritos, pra mim um pouquinho abaixo de monster) queria comentar sobre o assunto da abertura. muito se falou sobre entender e acreditar na lógica dos vilões e anti-heróis para apreciá-los, sim, a empatia é algo poderoso, mas com os vilões completamente maus em sua essência, sem justificativas, acho que ocorre algo semelhante com o que ocorre com os alpinistas: a montanha é o “vilão” deles, que muitas vezes “joga” desafios inesperados contra eles e até “mata” alguns, mas mesmo assim é impossível odiá-las, pelo contrário, o alpinista é atraído pela montanha, afinal é o grande desafio da escalada que enaltece a habilidade do alpinista. Muitas vezes a gente ama odiar um vilão justamente quando ele se demonstra um verdadeiro desafio que prova o valor do herói.
    Podemos usar o Ultron como um exemplo da importância do desafio que o vilão impõe ao herói como parte importante para compor o carisma do vilão. Não é difícil “comprar” a lógica de uma inteligência artificial recém-criada que identifica a espécie humana como um mal a ser exterminada, mas o filme recebe críticas principalmente em seu confronto final com milhares de cópias buchas do vilão, que não representam um desafio tão grande assim para os vingadores. O único desafio ali é eles não ficarem cansados de tanto dar porrada e acabarem sucumbindo ao milionésimo robozinho que aparecesse. Justamente pela falta de um desafio à altura, ou melhor, um desafio que leve o herói a ultrapassar seus próprios limites, tornam o vilão e seu plano pouco memoráveis, um potencial desperdiçado.

  • Site ta legal

  • Murilo D.

    como assim fullmetal não usa animalzinho nem pupet :/ ricardo deve ter pensado um anime e falado outro na hora de dar exemplo.

  • Murilo D.

    o final foi interessante que a morte da melo que fez o L se atrapalhar com o fato do caderno ser de fato falso.

  • Murilo D.

    ia ser interessante mostrar a infância de L no orfanato. e também mostrar para onde raito/light foi. e mostrar mais sobre o mundo dos shinigamis já que não mostrou nada só que eles vivem entediado e que tem um shinigami supremo que fornecem os cadernos, e o que não foi dito no podcast que o ryuk mente que perdeu um caderno para dar ganhar um outro e ficar com dois, um com o ryuk e um com o light.

  • betotruco

    Excelente Anime! Excelente podcast!! As discussões entao, ótimas!!

  • Pedro Raimundo Do Nascimento

    Acho Death Note muito bom, com vocês falando que me dei conta dos erros do Light

  • Davi Carlos

    Esperando o cast de Fullmetal Alchemist Brotherhood ( Melhor anime de todos os tempos) até hj, que inclusive é uma das melhores dublagens brasileiras de animes .

  • felipe

    Episodio excelente. Sou fã do anime e mangá e vejo que vocês discutiram os principais pontos desta obra.
    Sou advogado e é exatamente como o Jurandir disse, muitas vezes pessoas morrem por conta de um juiz que deixa de conceder a medicação pedida por algum paciente ao plano de saúde (isso acontece mais do que imaginam) por exemplo.
    A moral e ética são subjetivas e objetivas por este motivo o death note é tão discutido, imaginem esse livro não mãos de um politico por exemplo – o estrago seria grande.
    Só acho que vocês esqueceram de falar de uma cena – que para mim é uma das mais lindas – do anime, onde o shinigami Jealous salva a Misa escrevendo o nome do seu pretenso assassino no death note. Nesta cena, temos um trilha sonora que passa a solidão do amor platônico, passa a sensação de incapacidade dele em fazer algo naquele momento, sabendo que ela morreria tão jovem. Jealous acaba dando a sua vida por seu amor, por sua amada, desfazendo-se em pó logo em seguida. Perceberam os elementos dessa cena? É um DEUS, morrendo por uma mortal. Acredito que o amor ali passado foi algo enorme e eu realmente me emocionei.

  • Alan Dias

    A parte mais atraente do anime, que faz com que as pessoas gostem dele, são as disputas de inteligência e os planos incriveis. Por isso a segunda temporada é pior do que a primeira, todos os planos e estratégias usadas, tanto pelo kira quanto pelo near e o mello, são menos inteligentes e impressionantes do que na fase do L.

  • Obrigado Dia do Podcast 2016 por me apresentar esse episódio lindo sobre uma dos melhores animes já feitos.

    Tem umas mortes nessa história que são umas porradas na nossa cara, a do L por exemplo. Esse anime faz a gente refletir muito sobre o nosso “senso de justiça” particular. Bom demais.

    O único anime que consegui convencer minha esposa a assistir, e ela se amarrou!

  • PatrickDamian

    Como assim não falaram do episódio extra onde o Light vira um chinigame ?

*Campos obrigatórios

Mostrar
Sumir