S02E02: How I Met Your Mother [A SÉRIE COMPLETA]

Canal42 S02E02

“It’s gonna be legen… wait for it… dary! Legendary!” – Barney


Jurandir Filho, Camila Sousa, Rafa WatanabeRicardo Rente conversaram sobre todas as temporadas da sitcom How I Met Your Mother. Por que ela é uma das séries mais queridas? Por que comparam tanto com Friends? Quais os melhores personagens? Quais os melhores episódios? O final é ruim?

Sinta-se em casa e deixe o seu comentário. \o>


TIMELINE DO PODCAST

[Introdução SEM SPOILERS | até 40min34seg]
[Todas as Temporada COM SPOILERS | a partir de 41min]


LINK COMENTADO NO PROGRAMA

[VÍDEO] Josh Radnor (TED) fala sobre a fama
[VÍDEO] Um tributo a How I Met Your Mother
[VÍDEO] Final alternativo de HIMYM
[VÍDEO] Josh Radnor fala sobre o final de How I Met Your Mother
[VÍDEO] Let’s Go to the Mall” na Comic-Con
[VÍDEO] Erros de Gravação de HIMYM | VIDEO 2


ASSINE O NOSSO FEED

Não perca nenhuma edição do 42. Assine:

iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/canal42.tv/
Android/Windowshttp://feeds.feedburner.com/canal42podcast


SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS

Envie e-mails para: canal42podcast@gmail.com


OUÇA AGORA O PODCAST

Aperte o play abaixo e bem-vindo ao nosso mundo:


Quer baixar essa edição para o seu computador? CLIQUE AQUI!

Comentários

  • Felipe V. R.

    São duas da manhã, eu estou sem sono e sem nada pra fazer. Por isso, vou ouvir o programa e narrar minhas reações ao vivo aqui.

  • Felipe V. R.

    Já de cara melhor abertura com a música de Friends. Espero ver todas as comparações possíveis entre as duas séries pq os fãs de Himym não gostam de admitir que Friends é bom, mas msm assim a série é uma puta base pra que himym exista. Inclusive não duvido nada que os criadores de himym sejam os maiores fãs de Friends.

  • Felipe V. R.

    Pra quem reclama que ninguém fala nada no twitter: sigam o Izzy Nobre. Ô pessoa pra ficar tweetando! Mais de 550 mil tweets. Parece que não sai nunca. Eu tive que parar de seguir ele pq não conseguia acompanhar o ritmo dele e tava sempre perdido nos assuntos que ele comentava

  • Felipe V. R.

    Olha, eu sou mais Friends do que Himym… Mas uma coisa é fato: himym tem uma profundidade maior em termos técnicos de roteiro e organização de história. Nesse sentido Friends é bem simples. Não só em diversos episódios como o do abacaxi, que vc tem um misterio que vai se desenrolando, mas pelo jogo que a série faz entre o futuro e o presente. Himym vai e volta entre essas linhas temporais o tempo todo, trazendo uma nova dimensão de complexidade á série que não se vê em Friends

  • Felipe V. R.

    Himym tem… hum, como posso dizer, certas tradições ou fatos canônicos muito legais, como os tapas que o Marshall dá no Barney ou o passado da Robin no Canadá ou o Bro Code. Pequenas coisas que deixam a série MUITO divertida e são muito legais

  • Felipe V. R.

    Fazer xixi na frente do namorado ou da namorada é de boa, o número dois sim que é tenso.

  • Felipe V. R.

    Acho que o final em descendência me fez sair com um saldo mais tendendo pro negativo da serie (alem disso faz mto tempo que eu vi), mas ouvindo o programa agora eu tô me lembrando de muitas coisas que eu tinha gostado e que realmente são muito boas.

  • Felipe V. R.

    A abertura da série passa algumas fotos do grupo rindo e é interessante perceber como isso aproxima o espectador do mesmo. Vc sente que é vc quem está na mesa tirando as fotos. Vc vê todo mundo gargalhando e se sente parte da piada. Ou seja, em poucos segundos a série consegue não só apresentar um pouco da dinâmica dos amigos, mas também criar uma intimidade no espectador para com os personagens. Em termos de producao e audiencia, isso é um artifício mto inteligente para atrair o público e prendê-lo à obra. (Cabe notar que a abertura de Friends tbm faz um pouco disso)

  • Felipe V. R.

    Olha, parabéns ao cast por me lembrar das coisas boas que tem em himym. Pessoalmente, ainda gosto mais de Friends, mas de modo algum devo diminuir os pontos positivos de himym, ainda mais que a série consegue ir além do que a primeira em diversos pontos. Acho sim que himym nasceu com Friends, mas, oras, se o Tarantino (que é o meu diretor favorito) pode pegar coisas que já existem e fazer algo foda, não vejo problema algum em himym fazer isso tbm. Além do mais, não existe obra 100% original. Nem memso nós o somos.

  • Felipe V. R.

    Acho que já escrevi o bastante, chega né? Eu sei que ninguém quer/vai ler isso tudo, mas obrigado por me fazerem companhia nessa madrugada de tédio.

  • Matheus Maciel

    Cast sensacional. How i Met Your Mother é a minha série favorita.
    Comecei a ver a série depois de ver várias imagens no 9gag e se não me engano comecei a acompanhar da quinta temporada para frente.
    Além da série falar de amizade e principalmente da vida, o que mais me pegou nessa série foi que eu me vejo muito como o Ted. Sou uma pessoa normal que to me formando em arquitetura, e que é meio nerd, gosta de várias curiosidades que as pessoas geralmente não gostam e que procura algo sério mesmo.
    Além de ter vários amigos que se encaixariam como os outros 4 da série.
    E como não bastasse isso, apesar de novo, já tive alguns relacionamentos parecidos, como o da menina perfeita que se mudou (Victoria), tive um relacionamento com uma que menina que tinha filhos, com uma louca tbm, outra que tudo dava errado (a última que ele pegou antes da mãe). Já vivi várias situações parecidas. E meio que vejo a praça de alimentação da faculdade como o bar. Haja sol haja chuva, tá os amigos lá sempre.
    A série tem ótimos episódios, tem uma trilha sonora sensacional. A escolha das músicas de quando o Ted pede a Tracy em casamento no farol e quando eles se conhecem na estação, simplesmente sensacionais.
    Gosto também das diversas piadas internas que a série te coloca para tu se sentir mais parte deles.
    A série é muito boa, e só vou me aprofundar mesmo na última temporada, que mesmo sendo a pior tem uns pontos muito altos. Que fica por volta dos últimos 4-5 episódios.
    O primeiro ponto é a renovação de votos do Marshall e da Lily, que eles prometem refazer a cada 5 anos, mas o mais importante é o amor deles.
    O segundo é o episódio que chega um cara que a Robin achava que nao ia, e era o mesmo que o Ted lê o livro do cara mais incrível, e acaba com esse convidado indo embora, e logo em seguida eles contam o que aconteceu com cada personagem, como o Capitão e o Ranjit. E depois acaba com o Ted falando que quando a gente conhece alguém que vale a pena, um amigo de verdade a gente tem que lutar por ele
    Terceiro, quando a Robin vai fugir e esbarra na mãe (que quando pegou o Marshall tava dirigindo de luva) ela fala que foi um pouco detetive quando mais nova, naquele momento eu acreditei que eles realmente foram feitos um para o outro.
    Quarto, a primeira conversa deles debaixo do guarda-chuva é incrível, da até uma pena não mostrar mais, mas uma técnica perfeita em vários eventos é não mostrar, não falar e deixar na imaginação das pessoas
    Quinto. Achei o final sensacional, Ted sempre amou a Robin, ele teve o relacionamento que sempre sonhou em ter com a Tracy, alguém que gostava das mesmas coisas que ele, que tocava baixo e tudo mais, teve dois filhos e tudo, mas por ser muito perfeita, parecia mais um sonho e todo sonho chega no fim, e temos que voltar para a realidade. Eu amei a mãe, mas a vida não é a como a gente quer, algumas vezes ela apronta uma com a gente, e devemos seguir em frente, e deixou claro que o Ted queria seguir algum tempo, mas queria a aprovação dos filhos que era tudo para ele. É assim como acorda de um sonho, ele voltou a realidade, para lutar de novo por um amor, e como disse sobre as piadas internas que a serie faz, ela termina com a primeira piada interna dela, o trompete azul.
    Sexto ponto, minha maior frustração, nunca foi explicado o abacaxi, e assim como na vida, algumas coisas não precisam.
    Ah, lembrei de uma coisa, gosto da narrativa porque é uma história contada, e tem episódios que o Ted tá contando e do nada acontece algo que não bate, então ele se dá conta que tá confundindo histórias (como na cabra na festa fantasia) e é algo que acontece muito na vida mesmo.
    Então, parabéns, ótimo cast, incrivelmente ontem (um dia antes do cast lançar) eu terminei de rever a série, e saiu em um tempo perfeito. É uma série que me marcou, assim como Seinfield marcou uma geração anterior. É assim como depois de seinfield, friends e How i Met, ansioso para a nova série que vai cativar uma nova geração de pessoa. Um forte abraço a todos.

    E torcer para um dia eu encontrar minha Tracy

    • FOXMAN

      Cara, achei sensacional seu comentário!

    • Henrique Ferreira

      “da até uma pena não mostrar mais, mas uma técnica perfeita em vários eventos é não mostrar, não falar e deixar na imaginação das pessoas”
      É exatamente esse o motivo da Tracy ter funcionado tão bem, tinha espaço para os espectadores preencherem suas expectativas da forma como queriam.
      A Robin era a pessoa da vida do Ted, assim como o amor da vida da Tracy era o Louis, mais uma das rimas narrativas na história dos dois que em certo momento da vida se encontram.

      Sobre o abacaxi, foi feito uma cena que acabou sendo cortada e está no youtube, mas ela não é boa o bastante, ainda mais quando no final do “The Pineapple Incident” o Ted fala que nunca descobriram de onde o abacaxi veio.

      • exatamente, Henrique. o problema do final nem foi o desfecho, mas como foi executado. o formato da nona temporada foi uma bosta.

  • Rodrigo Oliveira

    Melhor cast depois de Game Of Thrones

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Excelente cast. Como é bom relembrar os bons momentos dessa série que acompanhei durante tanto tempo.
    A Camila resumiu muito bem meus sentimentos em relação ao final de HIMYM.
    Não há problema no Ted terminar com a Robin. Isso faz todo sentido.
    O problema foi a forma rasteira com que “se livraram” da mãe, não dando oportunidade para que pudêssemos acompanhar o desenvolvimento do relacionamento entre Ted e Tracey.

    Outra coisa que me incomoda demais é que no último episódio a série joga fora todo o desenvolvimento do personagem do Barney, fazendo com que ele volte a ser a mesma caricatura do início da primeira temporada.

    As últimas temporadas em si já são bem fracas, mas é bom relembrar o tempo em que a série fazia rir sem muito esforço e com momentos bem maduros.

    Parabéns pela escolha das convidadas, especialmente a Camila.

    • Gabriela

      Na realidade essa sensação de rasteira fica muito presente por conta da montagem final do ultimo episodio que cortou várias cenas importantíssimas pro fechamento da história. Eu tenho o episódio sem esses cortes e é simplesmente perfeito, ele mostra quem é a mãe da filha do Barney, o encontro do Ted e da Robin em um restaurante aonde fica claro que a Robin pensava muito no Ted ao longo dos anos, e tem também a cena do desfecho da aposta dos cinco doláres da LiLy e do Marshall aonde fica claro o final do Ted e da Robin depois da cena do trompete azul, entre outras cenas necessárias para o completo entendimento e aceitação do final da série. Acho que se essa edição sem cortes do episódio tivesse ido ao ar o nivél de reclamaçãoes sobre o final cairia a quase zero.

      • Rodrigo Deway Bacelar

        É a versão que saiu no blu-ray da 9a temporada?

        • Gabriela

          Não, na verdade é a edição que não foi ao ar originalmente por questão de tempo da emissora, eu não sei se pode colocar link aqui, mas se puder vou colocar para você, só que está em inglês e não tem legendas.

          • Rodrigo Deway Bacelar

            Sem problemas.

          • Gabriela

            https://vimeo.com/123368588 Esta ai o que devia ter ido ao ar.

          • Rodrigo Deway Bacelar

            Obrigado pelo video!! 😀
            Eu ainda fico meio chateado com a forma como todo o desenvolvimento do Barney é simplesmente jogado fora em alguns minutos, mas no geral essa edição é muito melhor do que a que foi ao ar.
            A CBS deveria contratar esse cara e lançar essa versão oficialmente.
            As cenas entre o Ted e a Robin no restaurante fazem muita diferença para a coerência do final. 😉

  • Diego de Paula

    Este episódio foi Legen…Wait for it…Dary
    A ultima temporada realmente foi um saco… aquele episodio todo feito em versos.. pulei!
    5 estrelas! Final foi apropriadado.

  • Wesley Oliveira

    Hey Bruno… chupa meu “LEGEN… wait for it… DARY”!

  • Henrique Ferreira

    “Feelings
    Inside
    Oh no!”

  • Heloisa

    Ótimo cast galera, parabéns, ponderando bem essa parte das temporadas ruins. É uma série muito boa, ótima comédia, mas pra variar passou da hora de acabar e esticaram além do possível.

  • Diego Aurelio

    Parabens pelo cast… O episodio em que Barney e Ted fingem ter brigado para ajudar o barman foi o melhor….. O Final daa serie foi bom…. 5 estrelas….

  • Felipe

    Existe uma diferença primordial entre How I Met Your Mother e Friends.
    HIMYM é engraçado, Friends é só vergonhoso.

  • Wesley Oliveira
  • Victor Gualtiero

    Uma grande dica sobre o destino da Tracy, aparece na oitava temporada, no episódio “The Time Travelers”, na penúltima cena, o Ted visita a casa dela e “Ted introduces himself, telling her how much he loves her, that they will meet in 45 days, and he would give anything to spend that extra time with her.”, com essa cena esse episodio foi elevado a posição de meu episodio favorito. Parabéns pelo ótimo episodio, só achei um pouco curto. ^.^

  • Anthenor Júnior

    Link no post? Cade o link no post pra palestra do TED do Ted? LOL

  • Róger Ochôa

    HIMYM foi uma série sensacional, to com o Jurandir dou 5 estrelas, porque realmente mexeu muito comigo. O cast como sempre tava ótimo só acho que vocês pularam um pouco do inicio da série e quando vi já estavam comentando a nona temporada. Gostaria de ter ouvido vocês comentarem mais sobre o triângulo Ted-Robin-Barney e como foi a dfícil pro Ted descobrir que ela e o Barney estavam juntos. Realmente a nona temporada foi uma coisa pra se esquecer mas o episódio final fez jus a tragetória dos personagems e acho que acabou como tinha que acabar.

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Para quem sente saudade das músicas de HIMYM:

    https://www.youtube.com/watch?v=3ir31Br0DJ0

  • Fernando Killan Lima

    Melhor série… A Jurandir… Pára de graça… morte do pai do Marshall… você fala que fica um aprendizado?!?!?! Manooo, chorei largado nesse episódio e eu com 24 anos… fui dormir com ele… Mudou minha vida essa série!!!

    Séria nota máxima… e o final nota 0…

  • Fernando Killan Lima

    Piada de Bacon…
    Aquele da Vidraça Quebrando (quando você conta uma verdade não dita de uma pessoa) kopasksaposkaopsa…

    A série tem tanta coisa boa não comentada…

    Vou ser escroto em dizer isso (pela inviabilidade) mas vocês podiam fazer um programa ou sei lá destrinchando episódio por episódio das séries já terminadas… Sei que tem série enorme… Mas não façam isso numa tacada só… Gosto dos comentários de vocês!!!

  • Bruno Paulo Zub

    Cadê o link do TED do TED?

  • El Luchador

    Série que deveria ter, no máximo, 5 temporadas.
    Se perdeu foda e enjoou.

    E teve o final mais covarde de todos os tempos.
    Sim, pior que o final de Lost.

    • El Luchador

      A propósito, comparar Friends com HIMYM, apesar de inevitável (pelo formato), é como comparar, sei lá, Coca-Cola com Zip-Cola.

    • Silas Mendes

      Final covarde é final feliz como todo mundo espera. A vida não é assim.

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Sabe o que você merecem por esse cast de HIMYM?

  • Flávio José de Carvalho

    Só digo uma coisa: SWARLEY!

  • Cleiton Rodrigues

    Cadê os links no post macho? Posta aí por favor. PS: @Bruno Costa > #chupaMeuBarney

    Edit: Aew, valeu!
    #chupaMeuBarneyDeNovo

    • Ta tudo aí mah

      • Luigi Locatelli

        Procurei em todo lugar o túmulo escrito “mother” não achei na internet isso…alguém sabe qual episódio seria?

        • Gabriela

          É o episódio que o Marshall vai ao cemitério conversar com o pai dele, em dos túmulos está escrito mother, se não me engano é o episódio 13 da 7 temporada.

      • Cleiton Rodrigues

        Quando eu comentei acho que não tava, depois quando voltei aqui já tava e editei o comentário agradecendo, valeu!

  • Gocu do episódio 5

    Um pouco decepcionado pra falar a verdade, 1/4 do cast vocês ficam malhando o pau na série. Mas no mais, um bom cast.

  • Ivo Ricardo

    Falem sobre House 🙂

  • Ivo Ricardo

    Fale de House 🙂

    • El Luchador

      Sim.

  • Paulo Victor

    Cast muito bom!
    Minha namorada assistia HIMYM e passei a assistir com ela a partir da quinta temporada. Depois de certa resistência(uns 3 ou 4 episódios), comecei a curtir.Ao passo que assistia acompanhado, ia também assistindo sozinho as temporadas anteriores. É incrível como nos afeiçoamos e nos identificamos com cada personagem. Acho que há um pouquinho deles em cada um de nós.
    Sempre temos uma série pela qual nos apaixonamos. E a paixão cega.
    HIMYM é amor e sobre amor, entre casais, família e amigos. Defeitos?! Tem um monte. Mas o amor acolhe isso.
    Uma série que fez e faz parte da minha vida, cheia de boas lembranças, reencontros(de fato um novo Chaves), no guarda-chuva amarelo que decora o quarto da minha amada…

  • Rafael Gonçalves Pereira

    Adoro a série e concordo com o “destino final” dos personagens.

    Meu problema com o final é que fizeram a ultima temporada nas coxas, totalmente focada no casamento do Barney e da Robin. Foi uma enrolação só, acho que foram 4 dias na série que pareceram 50 episódios.

    De repente no que pareceu 5 minutos o casamento deles acabou a Mother morreu e o Ted foi atrás da Robin.

    Me senti um idiota, assisti a ultima temporada toda torcendo pelo casamento (que foi a trama com a conclusão mais longa da série). Do nada eles falam: “Esquece tudo que vc viu (empurrando com a barriga) até agora”. Soltaram um Bazinga e acabou.

    Como disse gosto do destino dos personagens, só não gosto da sensação de ter sido feito de idiota a temporada inteira.

    Não sei se da pra entender e se só eu me senti assim hahahaha.

    • Leandro Arriba

      Concordo em partes que passaram ua temparada pra contar um casamento e terminar depois mais a serie era sobre ele conhecer a mother e não a Robin a seria ja tinha sido bbem clara que eles não iam ficar juntos pq acho que o ted merecia um final feliz e não é com a Robin

  • Silas Mendes

    adorei o cast, mas uma coisa que vocês não levaram em consideração e que é relevante para o final é que a história é contada do pai para os filhos (e não para nós); é claro que o Ted, pelo que demonstrou em toda a série, não teria ficado 6 anos sem falar sobre a mãe deles, eles (os filhos) a conheceram bem e sabiam várias das suas histórias; o Ted não estava contando como a conheceu, mas sim, como é bem dito no final, criando uma desculpa para explicar que sempre foi apaixonado pela Robin e que já era hora de tentar ser feliz novamente. Por isso acho o final completamente coerente, você não vai chegar para seus filhos e falar “vou contar a história de como eu sempre fui apaixonado pela minha amiga”, você vai “contar uma história sobre a mãe deles”, mas na verdade todo mundo sabe sobre o que você quer falar.
    Ah, mas o título é “Como conheci sua mãe”… ah, mas a Tracy não foi desenvolvida… ah, mas… ah, mas… Não importa, não era isso que ele queria falar, essa era só a desculpa.

    • Gabriela

      O Título da série é o grande Puzzle da história, os escritores da série deixam isso bem claro naquele episodio que o Ted e o Barney abrem um bar no apartamento e o Barney diz ao Ted que o bar deveria se chamar Puzzle pois o nome seria o grande enigma para as pessoas decifrarem. Foi um episódio feito na medida dos criadores da série para os telespectadores para os questionamentos sobre o título da série que eles sabiam que viriam pois o final estava escrito desde o episódio piloto.

  • Silas Mendes

    adoro HIMYM e adoro Friends, mas a grande diferença que vejo é que Friends parece um desenho animado, explico: as coisas não têm profundidade e se resolvem no mesmo episódio ou são esquecidas facilmente para poderem ser feitas piadas (tirando os grandes arcos); exemplos: o Ross faz brozeamento artificial, fica um episódio inteiro falando daquilo, todo mundo zoa, na outra semana está tudo normal e ninguém lembra; o Ross faz clareamento nos dentes, mesma coisa; o Chandler aceita tomar conta dos filhos do irmão da Phoebe quando acha que são cachorrinhos (primeiro ela fala que são cachorrinhos, depois quando ele aceita ela diz que na verdade são bebês), temporadas depois ele revela o “grande segredo” que morre de medo de cachorro; o Ross toma sorvete com o Marcel, temporadas depois ele revela o “grande segredo” que não gosta de sorvete porque é muito gelado e machuca os dentes; enfim…

  • Alexandre Copi

    How I met your mother não é minha série favorita, mas está no meu top5 sem dúvida!
    Os personagens são tangíveis, tem histórias reais (abstraindo a comédia é claro). Ela se tornou tão importante pra mim justamente pelo momento em que a vi. Assisti ela “toda” (estava saindo a 7ª temp na época) justamente na época em que perdi meu pai. Ver como o Marshall lidou com a situação, como é a perda pra todo mundo, não só pra você, e aprender a lidar com isso, retirando sempre as coisas boas. Enfim, como vocês comentaram, os momentos tristes também fazem parte da vida, a gente cresce com eles, e eles fazem você valorizar os bons momentos!

  • Arthur

    Uma das meninas falou sobre o título da série e tal. O “met” é tipo a primeira vez que Ted viu Tracy, ou o primeiro contato. Tanto que há um episódio chamado “How I Met Everyone Else” que é mostrada justamente essa “primeira vez” dos personagens.

  • Paulo Monroe

    Alguém sabe que “fim levou” o ator que interpreta o Ted? Depois do fim da série não lembro dele em trabalho algum, os demais atores são constantemente vistos em filmes, por exemplo. Já ele, simplesmente sumiu.

  • Evandro F.

    Sobre o cara que não conseguiu ver mais a série por causa da ex-namorada. Eu voltei pra reassistir a série por causa de um término de namoro.

    Estava muito triste na época, e ver a série dava aquela sensação de: “Porra, se o Ted conseguiu, eu vou conseguir arrumar alguém também, só ter paciência” hahahahaha

    Amo a série, mesmo o final não sendo perfeito. Mas digo que o final do Barney foi o que eu mais gostei.

  • Evandro F.

    Por esse cast

  • Alan Zim

    Falando do Twitter,a pior pessoa pra seguir é o Izzy kk,mds ele posta a cada 5 segundos o.O deixa todas as outras conversas pra trás grrr
    Sobre a série,eu não assisti,mas fiquei com vontade de ver!

  • Paulo Lonsing

    Já contei essa história no Bando de Ruma do Iradex, mas lá vai:

    Acompanhei a série HIMYM quase do comecinho. Em outubro de 2010 parei de ver, porque estava acompanhando meu pai, que estava internado no hospital. No dia 19 de outubro de 2010 meu pai faleceu, e a dor que senti (e sinto ainda, mas aprendi a viver com ela) foi absurda…

    Algum tempo depois, procurando me distrair e voltar a vida normal, resolvi retomar a série. Era o Episódio 6×13… “Bad News”… Chorei feito um condenado… Doeu demais… Levei quase um ano para dar continuidade à série.

  • Alidson Caires

    Eu assisto HIMYM desde 2009 e em muitos momentos da minha vida parecia que a série estava falando diretamente comigo, inclusive tomei algumas decisões baseado em lições que aprendi com a série.

    Sempre torci para o Ted ficar com a Robin apesar de o fim do namoro deles ser totalmente justificado, pois estavam em momentos diferentes da vida.

    Quanto a Tracy, lembro que quando anunciaram que ela ia aparecer somente na ultima temporada fiquei com o pé atrás, pois esperava pelo menos uma temporada deles namorando para justificar o porque dela ser a Mom.

    O Final da série faz muito sentido para mim, pois tudo que
    impossibilitava o Ted e a Robin ficarem juntos foi resolvido antes da cena final
    (Filhos, carreira, viajar pelo mundo, etc).

    Gosto muito de como a série se auto referência, como lembrar do “Swarley” na ultima temporada e do episódio em que o Ted vai ao cinema com a Stela todo mundo fica falando que não vai dar certo e ele fala que esse relacionamento não vai fracassar por uma regra boba, SQN ( Nunca convide seu ex).

    Eu já assisti a série completa várias vezes e claro, tenho alguns episódios que eu gosto muito, segue alguns:
    – S01E10 – The Pineapple Incident
    – S02E03 – Brunch
    – S02E04 – Ted Mosby, Architect
    – S02E18 – Moving Day
    – S03E01
    – Wait for It
    – S03E03 – Third Wheel
    – S04E09 – The Naked Man
    – S04E17 – The Front Porch
    – S04E18 – Old King Clancy
    – S04E21 – The Three Days Rule
    – S05E03 – Robin 101
    – S05E04 – The Sexless Innkeeper
    – S05E05 – Dual Citizenship
    – S05E18 – Say Cheese
    – S05E23 – The Wedding Bride (*meu episódio favorito, fala sobre bagagens)
    – S06E10 – Blitzgiving
    – S07E20 – Trilogy Time
    – S08E14 – Ring Up!
    – S08E19 – The Fortress

  • Ritierles Peloso

    Tenho um carinho muito grande por esta série. Quando eu quero relaxar e esquecer de tudo eu assisto algum episódio de How I Met a Mother. Apesar de ser uma série de comédia, muitos acontecimentos da série já me deixaram reflexivo a respeito da minha vida.

  • Luciano Valério

    Sensação muito boa essa de ir relembrando HIMYM à medida em que vcs falavam da série e de alguns episódios, que coisa boa!

    Quando comecei a ver, por indicação de um amigo, a 8ª temporada já tinha finalizado e aí fiz uma maratona enlouquecida pra conseguir acompanhar a 9ª em “tempo real” e foi uma das melhores coisas que fiz.

    Realmente não precisava de muitas temporadas, talvez sexta ou sétima já teriam finalizado bem porque aí comecaram a encher muita linguiça e quase me perdeu.

    Entendo que sente raiva do final, mas eu gostei, exceto pelo fato de não terem explorado mais o relacionamento com a mãe e deixar algumas coisas simplesmente sem referência.

    No mais, amo essa série e com certeza a verei novamente no futuro!

    Abraços!

  • Thiago Fernandes

    Primeiro podcast que ouço de vocês e comecei com pé direito, muito bom, e sobre How I Met Your Mother não tem o que dizer, eu ainda assisto vejo e revejo várias vezes é minha série, e eu sempre digo Friends sempre foi minha série favorita, e apesar de me identificar muito com algumas situações em Friends eu nunca pensei que uma série pudesse ser tão humana como How I Met Your Mother, eu não vejo How I Met Your Mother, eu sinto How I Met Your Mother e confesso que ás vezes fico triste por já ter assistido e não poder ter a sensação de assistir de novo pela primeira vez, conheci How I Met Your Mother através de um amigo que assistia, e me enchia o saco pra ver, já estava na minha lista do netflix mas nunca tinha dado o play até que um dia vi e não parei foram horas assistindo direto, meu netflix não rodava outra coisa kkkkkk Me amarro nas músi(C)as do Marsh(A)l do episódio “Best (N)ight Ever” é um dos meus episódios f(A)voritos, “Cat funera(L)” é incrível, já assisti umas (42) mil vezes kkkkkkk, um dos episódios que mais me emociona é aquele do Ted e do Barney do futuro, quando ele está decidindo se vai ou não ao robots vs wrestlers e o final me emocionou bastante, pois estava e ainda estou um pouco, naquele período onde você não vê muito seus amigos por causa da faculdade, e meus amigos moram relativamente longe então esse episódio realmente me pegou num ponto fraco kkkkk, essa série é incrível e ouvir vocês comentando também foi massa rs sempre me vi como o Ted em algumas coisas relacionadas aos sentimentos e expectativas, e graças ao How I Met Your Mother eu posso ver que a vida tem seus altos e baixos e isso é normal, mais o importante é que quando você tem seus amigos você tem força pra qualquer coisa, e agora também já posso parar de me cobrar por não ter encontrado a mulher da minha vida, afinal só tenho 23 anos kkkkkkkkk.
    Bom crianças e essa foi a história de como eu conheci How i Met Your Mother

  • Minha namorada me apresentou a série, e foi realmente complicado, porque a gente vai acompanhando a história daqueles personagens e vai se identificando, vai chegando próximo do final, e vc se depara com várias situações que vc mesmo se pergunta, será que eu estou com a pessoa certa? Sendo que ali do seu lado, está sua namorada se perguntando o mesmo. É foda, quando uma série te puxa esses questionamentos.

    Amei How I Met Your Mother, mas nas temporadas finais eu acabei me saturando do vai e vem dos personagens, tanto que larguei a série na metade da 8ª temporada, eu e minha namorada ficamos meses sem assistir, até que ela continuou e me mandou ignorar o resto da 8ª temporada e pular logo pro último episódio. Olha eu me senti como a maioria dos fãs, meio traído mas as lições que a série me passou, e a jornada foram sem dúvidas inesquecíveis.

    • Italo Shaberle

      Eu passei pela mesma coisa assistindo com minha namorada e acho que ela tbm. Principalmente no episodio em que o namorado da Victoria explica pro Ted pq nao vai se casar mais com ela, que ela é demais, perfeita e etc, mas falta um pouco pra ser a mulher da vida dele.

      • Fato velho, bem ai o ponto! Eu acho que muita gente que assistiu com a namorada teve essa mesma reflexão nesse episódio.

  • Leandro Arriba

    Gostei do Cast é a minha série preferida talvez vocês acharam o final plausível porque fizeram maratona e não acompanharam semana pos semana pra chegar no final e matarem a mãe …. Tudo bem se ela morresse mais não precisa mostrar mostre o encontro e termina a serie e não faz palhaçada e tenta juntar o Ted com a Robin porque era mais fácil e um final que já estava pronto desde a primeira temporada, mas ninguém viu como a serie mudou em nove temporadas ? porque manter o final … Gosto muito do final alternativo pra mim esse é o final da série e a nona temporada tem muita coisa boa vocês acabaram com a nona temporada talvez porque não viram toda semana e não refletiram melhor sobre cada episódio mais o cast foi bom .. estava a muito tempo aguardando este cast

  • Assistir how i met em loop = acabou -> começa de novo pra sempre…”Nunca houve, não há e nunca haverá uma serie melhor que How I Met Your Mother”, -Eu.

  • Leandro

    Ouvi o cast no dia do lançamento, acabei de assistir a série nesse exato momento e…

    Meu sincero Obrigado!
    Já tinha ouvido falar da série antes, mas o 42 me deu o empurrão que faltava.
    Valeu, caras!

  • camila

    Como pessoa, me identifico mais com a Lily, estou em um relacionamento e meu noivo parece muito o Marshal no jeitão de ser kkk, mas meu personagem favorito é o Barney. Odeio a Robin, o Ted fez tudo para ela, fez chover, roubou uma corneta pra ela e ela só deu valor quando viu ele casado e feliz, vaca. Já o Ted é o cara perfeito, mas pra mim um defeito dele foi ter feito a Robin se livrar dos cachorros dela.
    Pra quem tem saudade da mãe, recomendo uma série mega fofa com ela chamada A to Z tbm fala de relacionamento e amizades, falei um pouco dela no meu blog: http://voceprecisadecor.com.br/serie-a-to-z/ #jabá

  • Lukas Aguiar

    eu gostei de todos os episodeos da 9 temporada kkk

    • Tonhão

      Eu tbm kk

  • Lukas Aguiar

    gostei do final do how i met your mother kkk

  • Alisson Monteiro

    House gente

  • Bunitinho mas Ordinário

    A série é toda divertida , mas não gostei da forma como apresentaram a MÃE , e também não gostei do final do Barney,Robin e Ted , poderia ter sido muito mais memorável.

  • Guto Gerbase

    Galera, o link da matéria “Josh Radnor fala sobre o final de How I Met Your Mother” com o vídeo e texto funcionando.

    http://www.huffingtonpost.com/entry/josh-radnor-how-i-met-your-mother-finale_us_569eae80e4b00f3e98634626

  • Vinicius Duarte

    Jurandir terminou em 3 meses e devorou a série?! Ah colé kkkkkkk
    Eu vi em 13 dias hahahaha sendo hoje o último dia :'(
    Ferias na faculdade mas trabalho cerca de 6h todos os dias. Foi maratona demais. A maratona que justamente só perde quando vi Friends, quando vi as 10 temporadas em 11 dias 😡

*Campos obrigatórios

Mostrar
Sumir