S02E08_HoC_header (1)

S02E07: House of Cards [Temporadas 1, 2, 3 e 4]

Canal42 S02E07

“Há dois tipos de dor: a dor que te torna mais forte e a dor inútil, a que se reduz a sofrimento, não tenho paciência pra inutilidades.” – Frank Underwood


Jurandir Filho, Bruno CostaRicardo Rente e Davi Garcia analisam todas as temporadas de House of Cards. A série tem apenas acertos? Quais os pontos fracos? Frank Underwood é o maior personagem de Kevin Spacey?

Sinta-se em casa e deixe o seu comentário. \o>


 ASSINE O NOSSO FEED

Não perca nenhuma edição do 42. Assine:

iTuneshttps://itunes.apple.com/br/podcast/canal42.tv/
Android/Windowshttp://feeds.feedburner.com/canal42podcast


SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS

Envie e-mails para: canal42podcast@gmail.com


OUÇA AGORA O PODCAST

Aperte o play abaixo e bem-vindo ao nosso mundo:


Quer baixar essa edição para o seu computador? CLIQUE AQUI!

Comentários

  • Alvaro Caxone

    Pena que ainda não assisti a quarta temporada, mas assim que assistir eu ouço o programa

  • Rodrigo Deway Bacelar

    Excelente série. O único problema é que devoro os 13 episódio muito rápido e fico 1 ano sedento por mais.
    Após uma 3ª temporada meio irregular, fiquei bem feliz em ver a série retomar o bom caminho, com o Frank enfrentando “adversários a altura”.
    Só achei que o plot da “guerra” entre os Underwood prometia muito no início e acabou se resolvendo muito rápido, com o foco se dirigindo mais à campanha e ao adversário republicano.
    Também ficou bem simplório como descartaram rapidamente a Heather Dumbar.

    A série tem sim seus punhados de erros, mas o nível do elenco eleva tanto a trama que a gente acaba perdoando certos “pecadilhos”.

  • Keilla Teixeira

    Acho a série incrível. A 3ª temporada é fraca, mas as demais são tão boas que suplantam a ruim. Num tem nada a se falar da atuação do Kevin e da Robin, eles são fabulosos. Mas se é pra apontar coisas negativas, os plots da vida pessoal do Stamper são um saco. Aquele lance com a Rachel e agora na 4ª temporada com a esposa do falecido lá… miga, apenas pare. É muito sem pé nem cabeça.

    O nono ep. da 4º temp é um dos meus favoritos ever. Frank e Will jogando Agar.io ao invés de discutir a crise no Oriente Médio não tem preço.

    Uma parada que eu acho baboseira é essa coisa de querer comparar a política brasileira com HoC. O Frank e a Claire fazem o que fazem visando uma coisa só: poder. Tão nem aí com grana. Eles querem deixar uma marca na história. A ratataia brasileira só pensa em encher seus rabos parlamentares de dinheiro. Tem um artigo chamado House of Cunha comparando ele com o Frank. Nunca será. Os objetivos são totalmente opostos.

    • Rodrigo Deway Bacelar

      Também acho os subplots do Doug um saco. Personagem sem graça e com pouco aprofundamento.

  • Felipe Miranda

    Pessoal do canal42. Obrigado por esse podcast! Eu acho justo vocês atrasarem quando forem fazer cast de series desse calibre.

    ps: quando forem fazer o cast de Lost demorem 2 semanas! Ai fica bonzão.

    • Bruno Costa

      uhauhauahuaha

  • Victor Teodoro

    Nem ouvi o cast, mas já deixou meus parabéns para vocês! Uma das minhas series favoritas e sei que trataram dela com carinho.

  • San Ramon

    grande cast. Concordo com o Jurandir sobre a segunda temporada ser a melhor; digo mais, não achei a quarta muito melhor que a terceira e nenhuma delas me convenceu. Espero na próxima alguma resolução e fim, seja Underwood morrendo ou não. Um fim de vida fora da política seria o final mais trágico pra ele, esquecido e apagado.

    • Bruno Costa

      A quarta é coisa linda cara! Que isso..

  • Reis

    Rapaz, a quarta temporada foi foda demais.
    Pessoal do Canal42, façam um cast de Homeland.

    • Bruno Costa

      Essa deve demorar..

  • Heloisa

    Amei a quarta temporada. Pra mim foi a melhor. Sou #teamclaire, a personagem da Robin Wright arrasa, temos o Robocop, terrorismo, eleições e um delicioso final caótico.
    Obrigada pelo cast galera. Gosto quando vocês incluem convidados, que trazem algo novo.

    • Bruno Costa

      Valeu Heloisa!!

  • Uma das melhores dublagens de series

  • Luisqe5

    A cada temporada a qualidade cai.(mas mesmo assim continua sendo Nível cinema) ainda não acabei a quarta. Mas pelo menos já está melhor que a Terceira que foi a mais fraca. A primeira Temp. é ótima e a segunda talvez supere-a.
    Tive que dar um Break devido a problemas…(Daredevil) mas hoje msm já termino. O mais incrível é que mesmo com altos e baixos é melhor que TODAS as séries da Warner e Sony.kk

    • Keilla Teixeira

      Hahahaha, eu tb tive o mesmo ~problema enquanto via a 4º temporada

  • Beth Abreu

    Em relação à dúvida sobre o refém dos terroristas (se era armado ou não) — é citado que os terroristas já tinham liberado a cena ao vivo pela internet. O que eles exibem em cadeia nacional é algo que já aconteceu.

  • El Luchador

    Uma das melhores temporadas de séries que já vi.

    • Bruno Costa

      Verdade! uhuhuahauha

  • Mordecai

    Muitíssimo obrigado 😀

    • Bruno Costa

      De nada.

  • Wilkson Luiz Silva

    Será que ninguém percebeu que o jurandir gosta de botar pilha ? Boa abertura

    • Bruno Costa

      Filho duma égua esse Jurandir!!

  • Alex Lucena

    Vocês podiam fazer um cast sobre Fargo. As duas temporadas, em especial a segunda, são fenomenais.

    • Bruno Costa

      Vai rolar mah!! 😉

  • Vigo

    Muito bom programa, mas a teoria de que o casal Underwood forjou o sequestro (e a morte do cara, e também a liberação do líder terrorista) tava viajada demais. Não tem nenhum cabimento. Forjar um ataque terrorista (coisa que os EUA levam a sério demais) seria arriscado – e estúpido – demais até pro Frank Underwood.

    Além disso, como se não bastasse, não há qualquer pista que leve a essa conclusão. E não, o capanga do Frank estar esquisito no carro não é uma pista.

    • Bruno Costa

      Por isso que eu defendi que em momento nenhum Fran e Claire pensaram nisso.

      • Camila Ochoa

        E só um detalhe: O Ricardo diz que a mulher com que o Doug está se relacionando é a esposa do doador, mas na verdade ela é a esposa do que cara que o Doug passou para trás na fila, para que o Frank pudesse receber o rim antes.

    • Henrique Tavares

      Verdade, geralmente nessas articulações do Frank ele dá uma olhadinha pra gente de “viu como esses simplórios caíram nessa também?”

    • Vinnicyus Bezerra

      Ricardo assistiu a cena duas vezes mas esqueceu de rever a cena que derruba a teoria dele. Depois do pronunciamento o cara de nariz quebrado do FBI se encontra com Frank e diz que os terroristas vão fazer o streaming da morte e pergunta se Frank quer que derrubem alguns links, na mesma cena, o cara fala que a execução será às 21h, então virtualmente não há tempo para encontrar o novo cativeiro.
      No mais, excelente programa, só senti falta de comentarem mais sobre o personagem Seth e sobra a aquisição para o elenco da belíssima Neve Campbell. Um Abç!

  • Bunitinho mas Ordinário

    House of Cards é junto com GoT , o que há de melhor em séries de tv de Drama . Fiquei muito feliz com a 4ª temporada ter sido tão boa , porque fiquei assustado com a ruindade da 3ªtemporada que quase me fez abandonar a série.

    • Bruno Costa

      A terceira é complicada mesmo…

  • Henrique Tavares

    Vamos ver o que vão falar da 3a temporada. Pessoal exagera quando a classifica como “ruim”. Ela apresenta o Put- Petrov, que é um ótimo contraponto pro Frank, a relação entre os dois é incrível. Essa temporada começa a ter umas forçadas de barra, mas a 4a faz algumas até piores (o Petrov na 4a se reduz à única faceta ruim dele da 3a, que é ficar dando em cima da Claire). A única coisa que eu digo que enfraquece a série é o arco do Doug, com as neuroses desinteressantes e o stalkeamento literalmente federal que ele tem com mulheres.

  • Filipe Bortoletto

    Sobre porque adorar Inês Brasil, por trás daquela imagem hiper sexualizada e visivelmente ridícula, criticada e pouco aceita pela sociedade em geral…. nós gays, que somos minoria, vemos nela um exemplo, uma forma de representatividade alguém que nos aceita e entende como é ser julgado e ridicularizado por qualquer coisa que se faça. Entendo a posição de vocês, que não sofrem o que a comunidade LGBT sofre, não entender o porque de nós a adorar.

  • Léo Barreto

    Galera, parabéns pelo excelente programa, ficou muito bom!

    O interessante nas duas primeiras temporadas de House of Cards é ver toda a movimentação feita pelo Frank para atingir seus objetivos. Assistimos a isso tudo com intensidade no primeiro ano, com aquela pegada jornalística do núcleo da Zoe, Lucas, Tom e Janine. Considero como sendo a melhor de todas.

    Na segunda, logo no final do primeiro episódio, revelou a coragem da série e também o que Frank poderia ser capaz de fazer. O Confronto com Raymond Tusk, durante os episódios também é de uma tensão incrível. É nessa temporada que Claire começa a crescer, se vocês observarem, todo o envolvimento com a então primeira-dama que enfrentava problemas no casamento e a exposição midiática do assédio sexual na faculdade tinham um propósito maior.

    Na terceira a qualidade cai um pouco, mas não acho uma temporada ruim. Só para citar alguns momentos, temos o embate Frank vs Petrov, a trama do Corrigan, Seth aparecendo um pouco mais, Claire como embaixadora, a introdução do Tom Yates, e ao contrário do que todo mundo fala, acho que o Doug foi mais desenvolvido justamente nessa temporada. Realmente sua trama como um todo é um pouco arrastada mas vemos o cara que estava totalmente quebrado retornar ao jogo gradativamente ao longo dos 13 episódios.Um adendo: pensei que ele havia morrido no final da segunda temporada.

    Durante a quarta temporada, até o episódio onde o Frank sofre o atentado eu não me empolguei muito. A partir disso (RIP Meechun), a temporada cresceu absurdamente: vemos a introdução dos Conway; o crescimento da ameaça terrorista; Claire ganhando terreno na convenção dos Democratas, culminando naquele final que achei o melhor de todas as temporadas. Muito bom! E aquele diálogo do Frank com secretária Durant? Kevin Spacey é um monstro!

    Quero ver quais vão ser as consequências para o Tom (jornalista) e Remy e Sharp em sua “delação”. A conferir!

    Penso como vocês, a próxima deveria ser a última temporada, para terminar lá em cima. Tomara que seja a melhor de todas.

  • Gille Louback

    Ótimo podcast e ótima seria vi tudo e no aguardo pela quinta temporada ,ali perto do final desse episódio teve algo que me incomodou profundamente ,um mal entendido que deu inicio a uma discussão e mesmo durante ou depois da discussão parece que nenhum dos participantes lembrou do que realmente aconteceu.

    [SPOILERS] quando o frank fala para o cara la do fbi que se encontrarem eles é para matar ,ele não se referia ao homem que tinha sido capturado pelos terroristas ,mas apenas aos terroristas ,ele assim como todos na sala de situação sabiam que por causa do que o lider la do grupo terrorista havia falado em arabe ,o homem sequestrado já estava condenado ,e eles assistirem o cara ter a garganta cortada foi apenas cerimonia ,quando frank manda o cara la do fbi mata-los o cara adverte o frank que os terroristas se interrogados talvez tenham alguma informação importante mas frank reforça a ordem de matar já que ele e claire decidiram pelo terror contra terror

    quando todos os participantes começaram a teorizar de uma forma meio alucinógena sobre o final do episódio final da quarta temporada fiquei meio incrédulo ,para mim fiquei claríssimo que quem o frank ordenou a matar foi os terroristas e pelo que entendi nunca ficou nada ambíguo ou aberto a interpretação na cena [FIM DOS SPOILERS]

    • Gilvani Alves

      Concordo!

  • Victor Teodoro

    Essa série é um primor e o cast não ficou atrás. Parabéns galera, vocês são feras!!!

    PS. Atualizem a Tabua, porque esse cast ainda não aparece lá.

  • Gilvani Alves

    Ótimo Cast! O assunto também ajudou muito kkkk Uma grande serie!

    Senti falta de falarem sobre alguns pontos da 4° Temporada:

    1- A relação dos pais da Claire Hale Underwood, com ela. Pois acredito que muitas coisas que aconteceram nessa temporada ajudaram na construção da personagem.

    2- O “atentado” ao Frank, que levou a morte do segurança, que inclusive era uma das poucas pessoas que são fieis a ele, tanto que Frank pode ter certeza que não foi o segurança que vazou as fotos, só por olhar diretamente para ele. O que achei foda!

    3- E finalmente tivemos a saída do Freddy, onde ele finalmente desabafa parcialmente para o Frank, e de novo ele deixa o Frank meio que sem reação pois de todos na serie, vejo que o Freddy é um dos poucos o Frank errou ao definir como um “amigo”, e é isso que deixa ele mais desnorteado.

    E ao final do cast, fico até imaginando como seria o final com a Claire assumindo a presidência, com ela causando a morte dele, ou mesmo deixando ele “cair”.

  • Eles são “doentes” pelo poder, mas acabamos “torcendo” por eles muitas vezes, assim como em Breaking Bad. Acredito que queremos que dê certo, pois gostamos da série e sabemos que se não der certo, a série acaba, além de querer saber “como Frank sairá dessa agora?”.

    Abraço
    EddieTheDrummer (PADD)

  • AdassaNisânia

    Gente que compara a política no HoC com a política brasileira não entende nada. A prioridade é totalmente diferente. Frank quer poder, dinheiro e é dispensável. Políticos brasileiros querem dinheiro, poder é dispensável.

[contact-form-7 id="78" title="Formulário de contato 1"]
Mostrar
Sumir